A (nova) configuração dos sonhos

Como nerd assumido que sou, em eventos que contam com o lançamento de maravilhas como esta, não hesito em dar sempre um pulinho na Apple Store Online e montar a minha “configuração dos sonhos” — só para ter uma idéia de quantas noites de sonhos eu vou ter que emendar pra poder juntar tanto dinheiro, imaginariamente, e poder concretizar meu desejo.

Minha lista ficou então, assim (cliquem para ampliar):

Configuração dos sonhos na Apple Store Online

Isso mesmo. Preciso de 30 mil, 544 dólares e 60 centavos (ou ~R$ 66.736,88) para chegar lá. Mais o frete para o Brasil, é claro. 😉

Bom, brincadeiras à parte (bem que eu queria!), a Apple realmente arrebentou com esse lançamento. O interior do Mac Pro está mais lindo do que nunca, mais organizado do que nunca. As 4 baias para HDs (quatro, minha gente! — HDs de até 500 GB, total de 2 TB de armazenamento de dados!!) são sensacionais, e seu acesso não podia ser mais prático. Idem aos 8 slots de memória RAM (suporta pentes de 2 GB, total de 16 GB), basta deslizá-los para ter acesso total aos componentes.

A adição de um segundo slot para drive ótico é interessantíssima. A Apple fez isso por 3 motivos: 1) Porque ganhou espaço com a transição para os processadores Intel Xeon. 2) Para possibilitar uma cópia mais rápida de dados, sem a necessidade de um drive externo e, é claro, sem precisar copiá-los para uma pasta temporária no disco antes de começar a gravação propriamente dita. 3) Já olhou para o futuro e quer possibilitar que já os compradores desta 1ª versão dos Mac Pros possam, mais tarde, adicionar drives Blu-ray, também. É claro que em breve isso deverá ser um opcional de fábrica, possivelmente começando pela versão top e depois atingindo as mais básicas, como acontece com toda tecnologia.

Uma coisa que acho que poderia ter sido diferente seria a configuração básica do Mac Pro ter 2 HDs de 160 GB (menor modelo disponível) ao invés de 1 de 250 GB. Becape hoje em dia é algo fundamental (a Apple sabe bem disso), e o ideal para becapes, como todos sabem, é armazenar os dados em um HD diferente do qual se roda o sistema operacional. Na verdade, o melhor é até que ele seja externo, e que seja armazenado em um local diferente de onde encontra-se a máquina — mas aí já é um algo a mais, para dados extremamente importantes. Para isso o SuperDrive está aí, gravar DVDs de becape de vez em quando é muito bom. Por isso, assim como a memória RAM funciona melhor em pares, sugiro que a Apple passe também a sugerir a compra de Macs com 2 HDs. Acho que isso não faria tanto impacto no custo da máquina, ou estou errado?

Por fim, só uma crítica: faltou disponibilizar na lojinha um opcional que permitisse martelarmos essa máquina no chão, porque o bichinho deve voar. Até hoje não tive a oportunidade de brincar nem com um G5 Quad, que dirá com essa belezura, que a Apple diz chegar a ser 2 vezes mais rápida que o antecessor.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes