Comprei um iPod video 80GB White

iPodsAcho que o post de ontem do Nelson foi uma indireta pra mim, já que ele soube da novidade antes de vocês. Pois é, na sexta passada (24/11) chegou meu novo iPod video 80GB White, alguns meses depois de decretada a morte do meu 1º e único iPod até então, um photo de 40GB.

Já que toquei no assunto, tenho novidades: um amigo meu fanático por eletrônica e Macs, também leitor do blog — o Fernando, resolveu fazer uma autópsia no meu iPod e detectou o real problema: o conector do cabo flat do HD com a placa é o que realmente tinha trincado. O legal é que achei um indivíduo vendendo a placa junto com o flat de um modelo parecido com o meu no MercadoLivre, e acho que vou arriscar comprá-la para tentar ressuscitar o bichinho. Caso ainda assim não tenha sucesso, ele vai ver se arruma um jeito de conseguirmos pelo menos reutilizar o HD do iPod; se rolar, eu vou comprar um case legal pra ele e usar como backup aqui em casa, junto o Western Digital de 60GB que já tenho há alguns anos.

Chegou meu novo iPod 80GB White! (1/30)

Pois bem, ao meu novo xodó: o iPod é geração 5.5G, dos últimos lançados — o modelo com maior capacidade de armazenamento até então. Em relação à geração 5G, cujo modelo topo oferecia 60GB, ele agora possui uma tela 60% mais brilhante que o anterior (eu confirmo!), suporte a gapless playblack, novo recurso de busca por músicas diretamente pelo iPod (usando um teclado virtual que você navega pela própria Click Wheel) e uma nova bateria que promete até 20 horas de reprodução de músicas e 6,5 horas de vídeos. Os 80GB de capacidade, de acordo com a Apple, permitem que você armazene até 20.000 músicas ou até 100 horas de vídeos. Lá fora, ele custa US$349.

O que vem na caixa?

Chegou meu novo iPod 80GB White! (9/30)

A caixinha do novo iPod — bem menor do que a do meu photo antigo, diga-se de passagem — segue o estilo Apple e, junto com o aparelhinho, vieram também um Quick Start Guide, certificado de garantia, dois adesivinhos brancos clássicos da maçã, o adaptador para Dock universal, novos headphones, cabo USB 2.0 e uma capinha preta de veludo, bem legalzinha. Já comprei — também no ML, porém, um pacotinho de 6 iPod Socks, até porquê minha namorada também está precisando, pro iPod nano novo dela.

Display

Chegou meu novo iPod 80GB White! (26/30)

São as 2,5 polegadas de tela mais lindas que já vi em toda minha vida. Do lado do iPod, a tela do meu iMac G5 fica escura, é impressionante. A Apple não está brincando quando fala que são até 60% mais brilhantes que a geração anterior. Com a backlight desligada, a visualização fica um pouco comprometida — depende da iluminação natural de onde estiver. Com ela ligada, é de chamar a atenção de qualquer um. Para assistir os vídeos no iPod, não há nada melhor. É possível, claro, regular a intensidade no brilho pelos Settings do iPod. Quanto mais brilho você quiser, mais bateria irá comer.

iPod+iTunes

Ícone do iPod no desktopSincronizá-lo com o iTunes foi tranqüilíssimo, como sempre. Ao conectar o iPod pela primeira vez, ele faz uma rápida otimização no software do aparelho e o reinicia; a partir daí, ele já aparece montado no desktop com seu ícone correspondente e o iTunes lança um rápido assistente de configuração do iPod, onde você define seu nome e se quer gerenciar os dados nele automática ou manualmente, por exemplo. Pela quantidade de coisas que tenho em minha biblioteca, o processo de sincronismo demorou boas duas horas, aproximadamente.

No final, fui alertado de que 2 dos meus vídeos não foram copiados porque não estavam em formato adequado para reprodução no iPod. Pelo próprio iTunes fiz a conversão e depois enviei-os para o aparelho, sem problemas.

iPod 80GB White no iTunes (16/16)

A integração iPod+iTunes agora é total e todo o gerenciamento dele é feito pelo próprio programa. Updates de software, por exemplo, são notificados e executados diretamente pelo iTunes. Por acaso, o meu iPod já estava up-to-date quando conectei-o no meu iMac. A Apple também adicionou à tela principal de gerenciamento do iPod um gráficozinho bacanudo para facilitar a visualização do espaço que está sendo ocupado no aparelho, separando por cores os tipos de dados: músicas, fotos, vídeos etc.

Fotos no iPod

Uma das coisas mais legais dos últimos modelos de iPods são as novas transições de slideshows de fotos. Quanto possuía o iPod photo, a única opção era a Wipe, simplezinha demais. Agora, até a famosa Cube já foi incorporada.

Como sempre, é possível assisti-los ouvindo músicas de fundo e setar por quanto tempo deseja que cada foto apareça — ou então navegar manualmente. Também novidade da última versão é a integração com o Aperture, necessidade para mim, que já abandonei o iPhoto há bastante tempo. A integração é total: criei um álbum inteligente no Aperture que reúne as fotos adicionadas na biblioteca nos últimos 3 meses, e selecionei este álbum como o que quero que esteja sempre sincronizado com o iPod. Desta maneira, posso sempre mostrar as últimas fotos para amigos e familiares, onde quer que eu esteja.

Podcasts

Ouvir podcasts em iPods é muito bom, aliás, é perfeito. Em casa, não costumo ter muito tempo livre para ouvir podcasts. Digo isso porque gosto de estar concentrado enquanto ouço podcasts, é diferente de escutar música. Não consigo ler um artigo na internet ao mesmo tempo que ouço um podcast, mas ler com Enya de fundo não é problema.

Por isso, o iPod permitirá que eu volte a escutar meus podcasts preferidos; é ótimo poder ocupar meu tempo dirigindo, esperando para ser atendido no médico, aguardando um professor chegar para dar aula — seja lá o que for, enquanto aprendo e adquiro mais conhecimentos através de podcasts. Sim, estão cheio de podcasts por aí que ensinam coisas pra caramba!

iPod 80GB White no iTunes (5/16)

Só neste primeiro final de semana com o iPod — que coincidentemente fiz uma viagem de carro até Aracaju (estou em Salvador) — já escutei mais de 4 horas de episódios atrasados de alguns podcasts que acompanho. Que beleza!

Novos headphones?

Em uma palavra? Reprovados. O teste de fogo foi, mais uma vez, durante o final de semana. De sexta até domingo à noite ouvi horas e mais horas do iPod, usando os headphones que vieram com ele — foram relançados nessa nova geração. Não gostei, não me adaptei. São, talvez, um pouco maiores do que eu gosto, e um tanto desconfortáveis. Claro que isso pode ser uma opinião pessoal, mas o artigo é meu, não é? 🙂

Em termos de beleza e qualidade de som, não preciso nem falar nada. São demais. Felizmente, porém, sou um feliz e satisfeito comprador de headphones Sony Fontopia (também branquinhos e tudo mais) — que não foram nada baratos, então esse veredito dos headphones do iPod não foi nada desanimador para mim, já que poderei continuar usando-os sem dó de ter fones novinhos do iPod guardados sem utilidade. Pois bem, estes já voltaram pra caixa.

Vamos lá, Jobs… cadê o FM?!

Eu digo e repito isso sempre: falta FM nos iPods. Tá certo que já existem diversos acessórios — inclusive da Apple — que já adicionam essa funcionalidade aos aparelhos, mas se até os Fostons têm, por que os famigerados iPods não podem ter? Não creio que isso seja algo tão dispendioso para a Apple e nem um desafio de engenharia para o time de Jonathan Ive.

Por mais que 80GB sejam suficientes para eu armazenar quantas músicas eu puder ter, de vez em quando é interessante poder variar e ouvir um pouco do inesperado das rádios. Mais que isso, podcasts não substituem as rádios noticiosas tradicionais: na configuração que são vendidos hoje, os iPods não podem ser usados como fontes de notícias on-the-go, e acho que isso também poderia ser usado como uma ótima alavanca de marketing pela Apple.

Conclusão

Chegou meu novo iPod 80GB White! (29/30)

É bom ser um iPod-user mais uma vez. Minha maior preocupação, acreditem ou não, se chamava backup. Felizmente, toda a minha biblioteca do iTunes já está sincronizada com ele, e é mais uma segurança para mim. Ainda assim, 55GB de dados e anos de procuras, downloads e organização de tudo não são de se jogar fora: vou gastar umas boas 12 mídias de DVD e fazer ainda outro backup de segurança disso tudo. Redundância em backups é o melhor que se pode ter.

Mais fotos no Flickr.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes