Kindle para iPhone pode ser um tiro no pé da Amazon.com, diz BusinessWeek

Amazon.com Kindle no iPhoneComo você acompanhou aqui no MacMagazine, saiu anteontem o aplicativo oficial do Kindle para iPhones/iPods touch. Na ocasião, citei Ian Freed, vice-presidente da divisão Kindle, afirmando que sua ideia seria “apresentar o mundo de livros eletrônicos do Kindle para um grupo ainda maior de usuários, aumentando as chances de eles se tornarem consumidores do produto”.

A BusinessWeek, porém, pensa diferente. Segundo analistas contatados pela publicação, o Kindle para iPhone é bastante perigoso para a Amazon.com, podendo abocanhar partes das vendas do dispositivo homônimo — que custa US$360 —, permitindo a leitura de livros de US$10 nos gadgets móveis da Apple sem que o usuário sequer pague nada pelo software.

Enquanto boa parte dos investidores se desapontaram com a novidade, Mark Mahaney, analista do Citigroup, não alterou suas previsões de vendas para o Kindle e o Kindle 2. Em fevereiro, ele estimava uma receita de US$1,2 bilhão para 2010 e, com as análises positivas da nova geração do aparelho, mantém suas estimativas do mesmo jeito.

Analisando por um ponto de vista diferente, a Computerworld conclui que a entrada do app na loja da Apple prova que esta não está diretamente interessada no mercado de eBooks ou, no mínimo, não trabalhará num leitor próprio. Segundo eles, o Kindle para iPhone ajudará a solidificar a Amazon.com como a “principal fonte de livros eletrônicos do mercado” e fará as pessoas pensarem sobre adquirir o aparelho quando descobrirem as facilidades e diversidade de conteúdos disponíveis para compra.

Independente de quem acertar em tais previsões, eu creio que esse segmento só estourará mesmo quando o papel eletrônico (e-paper) realmente se difundir, a tecnologia evoluir até o ponto que todos esperamos e a produção deles permitir a criação de unidades super baratas — e até mesmo descartáveis. Aí sim, meus caros, eu diria que o dia final dos livros convencionais estará pertíssimo.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes