CNBC exagera: usuários de PCs precisam pagar mais US$600 para conseguir se equiparar com um Mac

Eu sei que, como fanático pela Apple e seus produtos que sou, enxergo muitos aspectos da empresa de maneira mais positiva e vantajosa do que uns e outros. Porém, mesmo com minha paixão pela marca tenho os pés no chão quanto aos seus defeitos e faltas, além de reconhecer as áreas em que um PC convencional com Windows se sai melhor.

Entendo que o repórter Jim Goldman da CNBC seja mais ou menos como eu, mas, pra começo de história, ele não escreve um blog. Segundo, me parece que não tem tanta propriedade pra falar da coisa, porque afirmar que o Adobe Photoshop vem embutido em Macs foi um tanto demais — ainda que ele possa ter se confundido com o iPhoto, o que é um tanto inaceitável. Não faz tanto tempo que rolou uma baita briga entre ele e o Fake Steve Jobs; acho que este foi mais um pedido pra ser detonado em cadeia nacional.

Em sua análise sobre a briga recente entre Apple e Microsoft, Jim considera que a chamada “Apple Tax” não é tão absurda quanto diz a gigante de Redmond, e que um usuário de PC precisa gastar pelo menos US$600 adicionais (além do preço da máquina) para conseguir obter uma experiência equiparável à de um Mac.

A discussão certamente é muito boa, mas isso tudo definitivamente não era preciso.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes