TechCrunch processa Fusion Garage devido ao lançamento independente da CrunchPad (JooJoo)

Editor-chefe do TechCrunch, Michael Arrington revelou hoje que abriu um processo contra a Fusion Garage, empresa que afastou o site dos direitos de criação e lançamento da tablet JooJoo (ex-CrunchPad). Registrado na corte do estado norte-americano da Califórnia, o processo acusa a fabricante do gadget de fraude, apropriação indevida de ideias de negócio e violação de certas leis federais, que consideram como “roubo” a ação da empresa.

TechCrunch CrunchPad

Arrington nega que suas reclamações contra a Fusion Garage não sejam verdadeiras, alegando que sua empresa ainda detém propriedade intelectual significativa sobre a CrunchPad. Além disso, a antiga empresa destinada a fabricar a CrunchPad — a Pegatron — também possui direitos autorais sobre o produto, de forma que também poderá processar a “criadora” da JooJoo.

Pelo jeito, a Fusion Garage não possui condições de produzir unidades da JooJoo para venda, de forma que está tentando se garantir através da sua pré-venda para levantar fundos. Devido a isso, Arrington também está persuadindo alguns sites a não indicar a pré-venda do produto para usuários, lançando ataques contra empresa pelas atitudes que tomou.

Além de pedir julgamento para a justiça sobre o caso, o TechCrunch também quer uma injunção para impedir a Fusion Garage de vender a JooJoo. O fundador e CEO da empresa, Chandrasekar Rathakrishnan, também é acusado de outras ações ilegais praticadas há alguns meses, porém pouco reveladas pela imprensa de Singapura durante o segundo semestre deste ano.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes