E os rumores de tablet voltam: Apple pode estar trabalhando em outro “iPad”, este com Mac OS X

Até agora, a Apple não posicionou o iPad em nenhuma categoria de produtos dentro das que já existem em seu site, conforme o Halex já fez questão de destacar. Por não rodar o Mac OS X, tecnicamente ela não pode ser considerada um Mac, ao mesmo tempo que também não pode ser considerada um iPhone por não ter relação exclusiva com telefonia. No entanto, o TechCrunch diz ter fontes com conhecimento de uma terceira ideia: e se a Apple estiver preparando tablets para atender aos dois lados da moeda?

Tudo bem que a tremenda insatisfação de muitos com o novo iPad serve como prato cheio para o surgimento de todos os tipos de especulações, mas esta aparenta ser bem fundamentada (deixemos fora deste papo a parte de onde aparecem tantas “fontes”). O fato é que existem pessoas com conhecimento de uma tablet da Apple que é muito maior e mais avançada do que a anunciada na semana passada — com uma tela de 15,4 polegadas, mesmo tamanho da usada em MacBooks Pro —, mas com algumas diferenças importantes, sendo a principal delas o notório Mac OS X.

Embora a última versão do sistema operacional do Mac tenha sido lançada há pouco mais de quatro meses, o sistema está meio parado em termos de novidades há um certo tempo — lembre-se que o Snow Leopard apenas é um “Leopard melhor” —, mas na próxima conferência de desenvolvedores (a WWDC) deverá será demonstrada uma nova versão dele que provavelmente trará muitas novidades em relação à atual. Uma delas aparentemente será o suporte a touchscreens — já revelado como projeto em desenvolvimento pela Apple por algumas patentes sobre iMacs —, o que torna possível a concepção de um outro modelo de tablet, com processador Intel e mais funções de hardware e software. Enfim, o que muita gente queria que tivesse sido lançado na semana passada, mas não foi.

Depois da avalanche de reclamações sobre o iPad, creio que ninguém mais coloca a mão no fogo por rumores, mas o que me faz ter o mínimo de fé neste é que as coisas podem se tornar realmente diferentes para a Apple caso ela lance uma tablet com Mac OS X. Em vez de representar uma nova categoria de dispositivos que pouco importa para quem possui um MacBook e um iPhone, ela seria a visão da Apple sobre como empregar multi-touch em sistemas desktop — bem além de portar controles de mouse, espero eu…

Digo isso porque tem gente tão habituada com essa tecnologia que sente falta dela no Mac OS X. Há quem chamaria isso de “acomodação ao iPhone”, mas trata-se de algo que pode fazer a diferença para um sistema operacional que está na beirada dos seus dez anos no mercado.

Por mais que a Apple queira divulgar o seu próprio sistema fechado para distribuir softwares mobile, ele não será capaz de afastar completamente as pessoas de um computador comum (leia-se: “aberto”) tão cedo — ou pior ainda para a Maçã: talvez ele nunca seja. Daí vem a ideia de trazer inovações para Macs convencionais e, se o que o TechCrunch publicou corresponder à realidade, multi-touch será uma delas.

Em 2009 o Leopard ganhou algumas novidades aqui e ali, virando o Snow Leopard. Contudo, no geral, esta foi uma forma de a Apple criar uma base sólida para o futuro dos seus computadores, com base em seus erros e acertos do passado — independente da quantidade. Ele fechou a década passada como um dos melhores sistemas operacionais lançados nos últimos anos, mas também foi deixada uma discreta mensagem de que Macs possuem muito a evoluir, e todos os seus aplicativos se beneficiarão disso. A próxima versão do sistema operacional da Apple já existe, e essa, sim, deverá trazer muitas novidades grandes para quem sente falta delas desde o surgimento do Leopard.

Por quê? Bom, para cada comunicado de imprensa que a Apple liberou entre 2008 e 2009, surgiu um registro de patente para novas aplicações de interfaces de usuário para o Mac OS X ou hardware referente a elas com base em multi-touch — quase tudo está nos nossos arquivos, você pode voltar e ler quando quiser. E antes que você diga que a maioria delas não verá a luz do dia, é bom lembrar que, há quatro anos, era isso o que muita gente falava de desenhos ilustrando celulares sem teclado. Já viu um deles por aí? 🙂

Se o iPad não te impressionou, calma: 2010 ainda tem quase 50 semanas pela frente. E mesmo que o TechCrunch tenha se enganado no que publicou agora há pouco, você pode esperar muita coisa além do iPad neste ano — muito mais até do que um iPhone 4G em junho, seja com um sistema 3.2 ou 4.0. Nos últimos 18 meses, eu sinto que a Apple não jogou os seus méritos com a App Store na nossa cara por acaso (e sim para tirar a atenção da mídia das áreas em que ela está investindo muito mais), e daqui até junho talvez sejamos surpreendidos por notícias bem mais animadoras do que um recorde de downloads.

E que venha o Mac OS X 10.7 — independente de qual big cat seja o destaque dessa vez. 😉

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes