Não pergunte, não conte: Apple veta menção a plataformas móveis concorrentes na App Store

Dependendo do ponto de vista, este fato pode ir para a pasta “Duh” ou “Apple is EVIL”. O desenvolvedor Tim Novikoff, responsável pelo app Flash of Genius: SAT Vocab. (US$1, 2MB), ficou um pouco surpreso ao receber um email do time de aprovação da iPhone App Store requerendo a omissão de determinado conteúdo na descrição do seu aplicativo:

Prover planos de compatibilidade futura ou fazer referências gerais a outras plataformas não é relevante para o contexto da iPhone App Store. Apesar de sua aplicação não ter sido rejeitada, seria apropriado remover “Finalista no Desafio de Desenvolvedores do Google Android!” da descrição do aplicativo.

Novikoff levou na esportiva e removeu a descrição: “Acho que faz sentido e não estou reclamando; a Apple é uma companhia ótima de se trabalhar com”, disse em um post sobre o caso no blog da Flash of Genius. Apesar disso, ele com razão lamenta não poder ostentar na descrição do aplicativo esse título na plataforma rival — apesar de outras conquistas não lhe faltarem, felizmente.

Agora é uma questão quase totalmente subjetiva interpretar essa atitude da Apple como uma prática meramente baseada em negócios, (mais) um tapa com luva de pelica na cara do Google ou um ato de pura censura maldosa monopolista. Contudo, penso no quão frustrante pode ser ter que omitir algo como “App de sucesso na plataforma X finalmente chega ao iPhone!”, visto que é uma frase chamativa capaz de render vendas.

Uma coisa muito positiva para tirar dessa história, porém: a Apple teve o bom senso de não vetar completamente o app por um motivo tão besta. Já é um bom sinal.

[via Silicon Alley Insider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes