iPad começa a atrair atenção de médicos para fins profissionais

Uma desenvolvedora de aplicativos móveis destinados à Medicina revelou os resultados de um estudo feito com 350 médicos após o anúncio do iPad, indicando uma opinião inicial bastante positiva sobre o produto. Cerca de 9% deles afirmaram estar interessados na adoção do gadget assim que for lançado, enquanto 13% farão a compra até o final de 2010 e 38% analisarão a tablet com mais calma, antes de considerar a aquisição ou não.

A Epocrates, empresa que conduziu a pesquisa, está na App Store desde a sua abertura e hoje atende a quase 900 mil profissionais em todo o mundo, dentro de clínicas médicas e hospitais. Com a animação inicial de vários deles acerca do iPad, a desenvolvedora anunciou que também adaptará o seu aplicativo de referências clínicas para o gadget, tirando proveito das suas funções extras e, principalmente, da sua touchscreen de maior resolução.

Embora esta seja a primeira grande iniciativa de uma empresa ligada à Medicina que foi confirmada para o iPad, ela não é a primeira. Um empresário afirmou há algum tempo que a própria Apple também analisou potenciais usos para o gadget em hospitais, visando concorrer com soluções que já estão à venda sob demanda para essas instituições.

[via AppleInsider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes