Interesse de compra pelo iPad supera o da primeira geração do iPhone

Uma pesquisa feita pela RBC Capital em parceria com a ChangeWave Research concluiu que o número de interessados em adquirir um iPad está se mostrando maior do que o interesse geral pela primeira geração do iPhone, lançada em junho de 2007. No total, 3.200 pessoas responderam às questões feitas pelas duas empresas de consultoria e 13% delas possuem alguma certeza na compra do produto.

Há três anos, um estudo similar feito com o iPhone mostrou que apenas 9% do mesmo número de entrevistados compraria o aparelho, na época também vendido a partir de US$500. O interesse dos usuários pelo iPad está se mostrando maior pelo modelo com 16GB sem 3G (que também será vendido por US$500) e também pelo modelo de 64GB com 3G (topo-de-linha, que será vendido por US$830).

No entanto, a parte mais curiosa da pesquisa é que uma parcela considerável dos usuários demonstrou interesse por tarefas específicas que não envolvem muito além do que o produto oferecerá por padrão. Quase 70% dos entrevistados comprarão o iPad com interesse de usá-lo para navegar pela web, enquanto 44% deles irão usar a tablet para ler emails e 37% para ebooks.

De todas as tarefas destacadas, a única que exigirá produtos específicos da App Store é leitura de periódicos — jornais e revistas. Ao que tudo indica, ninguém está dando muita atenção a coisas que deveriam existir no produto com base na sua impressão inicial, incluindo multitarefa, câmera ou Flash Player no Safari.

[via AppleInsider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes