Nova versão do SDK para iPad traz exemplo do aplicativo Photos e outras novidades

Com base na nova versão beta do SDK para iPad lançada ontem, foram descobertas algumas funções que nem mesmo tinham sido demonstradas pela Apple com referência ao produto, sem falar em melhorias nas ferramentas de desenvolvimento para facilitar as decisões de criadores de aplicativos para a App Store. Além disso, o iPhone Simulator foi adaptado para o iPad com todos os quatro aplicativos que existem na versão para iPhone, oferecendo um modo mais amplo de testes virtuais com outras APIs do dispositivo — especialmente aquelas referentes a fotos e vídeos.

Surpreendentemente, há muito mais que o esperado para ser descrito em uma simples atualização para um kit de desenvolvimento em estágio beta, mas nós reunimos o máximo de informações conhecidas a seguir.

Aplicativos Universais

Quando comentamos pela primeira vez o iPhone OS 3.2 para desenvolvedores, ressaltamos que havia algumas formas distintas de migrar código para o novo dispositivo, incluindo a possibilidade de manter um projeto já existente para iPhones/iPods touch intacto e especificar a construção de um binário específico para iPads com outros recursos. No entanto, para quem não quisesse alterar muito o seu trabalho a fim de atender ao iPad, ficou claro que poderia ser criado um único app para atender aos três de uma vez só.

Segundo o AppleInsider, apenas a nova versão do SDK oferece os recursos para tornar isso possível, possibilitando que “projetos já existentes para iPhone incluam aos arquivos necessários para suportar o iPad”. Isso permite, entre outras coisas, que um aplicativo se comporte com igual proporção em diferentes tamanhos de tela, mas podendo tirar proveito de alguns recursos extras da tablet e do seu maior tamanho de tela conforme possível.

Um problema que acredito existir nesse tipo de processo é adaptar controles específicos de interface gráfica para se comportar sem distorções gráficas ou imperfeições em múltiplas resoluções de tela, visto que o modo de compatibilidade do iPad com apps para iPhone evidencia a deficiência de uma solução nessa área — testes feitos por mim mesmo resultaram em textos de leitura difícil e arte gráfica de baixa qualidade em modo de alta resolução. Até fiquei pensando, após conversas com desenvolvedores, se um possível modo de Resolution Independence semelhante ao do Mac OS X chegará ao iPhone OS no futuro, permitindo uso de controles personalizados como PDFs e textos baseados em vetores.

Novo aplicativo no iPhone Simulator para iPad: Photos.app

Seguindo os passos da sua edição para iPhone, o Simulator para iPads no Mac OS X, ganhou um novo aplicativo integrado, o Photos.app — o recurso de Photo Frame anunciado por Steve Jobs na tela de bloqueio também funciona graças a ele. Aparentemente, ele oferece suporte a testes virtuais com apps que estão sendo desenvolvidos usando APIs de acesso à biblioteca de fotos, mas, fora isso, a presença ou falta dele na tela inicial exerce pouca influência no processo de desenvolvimento.

De qualquer forma, quem for curioso ao ponto de achá-lo interessante pode gastar alguns minutos usando os seus recursos, conforme mostra o vídeo acima, descoberto pelo 9 to 5 Mac. Só não pense que vale a pena baixar 2,5GB para ficar queimando tempo sempre em recursos do Simulator como esse… 😛

Anyway, um aspecto interessante do Photos.app que vale destaque é a curiosa presença de uma guia Camera no topo, apenas quando ele é aberto — ela desaparece em pouco tempo. O Ars Technica afirma que ela indica uma possível função de reconhecimento de câmeras que possibilitaria a transferência de fotos, mas não deixa claro se a tablet da Apple trará uma câmera de fato — se bem que isso faz todo sentido para um dos acessórios anunciados com ela, o Camera Accessory Kit, para conexão de cartões SD e posterior importação de fotos.

Presença de câmera integrada e possibilidades de videoconferência

É estranho que esse assunto esteja sendo revelado a desenvolvedores pela Apple porque, por mais que tenham analisado fotos duvidosas do evento de anúncio do iPad, ela não possui câmera integrada. De qualquer forma, a desenvolvedora Erica Sadun encontrou referências novas no SDK para manipulação do estado da câmera, permitindo controle de zoom, flash e a presença de uma câmera frontal. O 9 to 5 Mac foi além disso e descobriu o nome “iChat” sendo usado dentro de tecnologias relacionadas a gravação de vídeos.

Tais capacidades foram descobertas em APIs documentadas, mas sugerem que algumas técnicas reveladas pela desenvolvedora não se destinarão ao iPad, e sim a um futuro modelo do iPhone. Não existe a necessidade de especificar uma câmera frontal separadamente se uma tablet é capaz de conter apenas uma câmera, situada na sua parte frontal — venhamos e convenhamos: um gadget com quase 10 polegadas não pode ser adaptado para tirar fotos como um smartphone.

Ainda assim, essa evidência pode ser combinada com outros achados e ainda sugere que o iPad trará uma câmera integrada, mas para fins de videoconferência. Prova disso é a imagem a seguir, descoberta pelo AppleInsider:

Isso deixa a Apple numa situação complicada. Se o iPad não possui câmera, por que ele traz recursos de interface para videoconferências?

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes