Intuit finalmente lança nova versão do seu software de gerenciamento financeiro para Mac

A Intuit lançou hoje (depois de uma longa espera por parte de muitos usuários) uma nova versão do seu software de gerenciamento financeiro para o Mac OS X, o Quicken Essentials. Houve vários atrasos no lançamento ao longo dos últimos dois anos, mas, pelo jeito, o produto que está chegando para substituir o (já antigo) Quicken Financial Life 2007 é o maior trabalho já produzido pela sua desenvolvedora no sistema da Apple, recriado do zero com nada além de novidades.

Embora tudo no aplicativo seja praticamente novo (considerando que foi refeito para tirar proveito das últimas tecnologias e recursos do Mac OS X), dizer que valeu a pena esperar por ele vai depender do que cada usuário julga importante em um aplicativo financeiro. Ele traz recursos para atender às necessidades “essenciais” (daí o nome Essentials) das pessoas no controle de ganhos, gastos comuns, dívidas de longo prazo, investimentos e um controle completo de orçamento, sem precisar ser “completo” como o Quicken Premier para Windows, mas mantendo um nível satisfatório na facilidade de uso.

Em relação ao Quicken 2007, a interface foi completamente redesenhada e simplificada, visando apresentar um modelo organizado de controle de gastos com base no visual de aplicativos como iTunes e iPhoto, em que os usuários comuns se sentirão bastante familiarizados e os profissionais terão total facilidade para explorar ao máximo. Além disso, ele tenta organizar todas as movimentações do seu dinheiro em uma tela chamada Overview (vide imagem acima), onde você pode analisar sua vida financeira rapidamente sem mergulhar em detalhes que possam ocasionar perda de tempo.

Entretanto, quando você precisar verificar relatórios com mais detalhes, o Quicken Essentials faz isso sem desviar muito da sua atenção com múltiplas janelas e de uma forma que os primeiros a utilizá-lo estão considerando “rápida e responsiva”. Trata-se de um avanço enorme em relação à versão anterior, em que era fácil perder a atenção na análise de relatórios sobre transações ou o sumário de cada conta corrente, por exemplo.

De acordo com a Intuit, o Quicken Essentials integra-se perfeitamente a 12.000 bancos e instituições financeiras, com previsão de chegada a 16.000 nos próximos meses. Isso é bastante conveniente, mas não compensa a falta de funções antigas que usuários mais avançados costumavam usar, como ferramentas de planejamento, integração com TurboTax e até pagamento de contas, que apenas 6% dos usuários do produto no Mac OS X costumavam usar.

Quem precisar de recursos como esses talvez até deixará de usá-lo, mas se nos concentramos no produto final que a Intuit está mostrando hoje, é forte a possibilidade de a maioria dos seus atuais usuários adorar as novidades. Ademais, o produto também é excelente para quem quiser migrar do PC para o Mac sem ter que perder o seu histórico financeiro armazenado no Quicken para Windows ou no Microsoft Money, importando bancos de dados dos dois softwares perfeitamente.

O Quicken Essentials for Mac requer o Mac OS X 10.5 Leopard ou superior instalado em uma máquina Intel, com pelo menos 1GB de espaço livre em disco. Ele custa US$70 e pode ser obtido online, mas também será comercializado em lojas de varejo.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes