Apple adquire Siri, empresa desenvolvedora de “assistentes pessoais” para dispositivos móveis

Um dia após a Apple adquirir a Intrinsity, documentos registrados hoje pela FTC (a Federal Trade Commission dos Estados Unidos) sugerem que ela também completou uma transação de compra da Siri (PDF, 8KB), uma pequena empresa que desenvolveu uma espécie de “assistente pessoal” para dispositivos móveis. Trata-se de um aplicativo exclusivo para ajudar usuários a encontrar lugares, eventos e cinemas com bons filmes através de termos digitados ou processados como comandos de voz.

A estrutura do seu funcionamento lembra a de um buscador, mas ele é muito mais focado nos tópicos mencionados acima do que isso. Porém, para criá-lo foi necessária a colaboração de especialistas em áreas como telefonia, inteligência artificial e até tecnologias semânticas, que foram empregados pela Siri nos últimos meses e agora estão ao alcance da Apple.

Embora o propósito da aquisição não tenha sido revelado (como sempre), aparentemente a Apple deve estar com planos de explorar os resultados alcançados pela Siri em algumas patentes ligadas a serviços de localização e acesso a informações. Bom, isso sem falar em enfrentar o Google fazendo o interesse de usuários por buscas cair em dispositivos móveis.

[via Silicon Alley Insider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes