CEO do Warner Music Group põe lenha na fogueira sobre rumor de iTunes na nuvem

Logo do Warner Music Group (WMG)

Após divulgar os resultados financeiros do Q2 2010 do Warner Music Group, o CEO Edgar Bronfman Jr. teceu comentários acerca da Apple e de sua iTunes Store:

O voo para o iTunes e o iPhone continua. A Apple provou ser a fabricante de software e hardware mais apta que existe, entregando conteúdos para consumidores através de uma experiência integrada e muito atrativa. Ninguém se tornou milionário apostando contra Steve Jobs — e eu não quero ser o primeiro a fazê-lo.

Os comentários de Bronfman não são à toa: o WMG recebeu uma bela quantia na aquisição do portal Lala pela Apple, por ter sido um dos seus primeiros investidores. E foi justamente disso que o executivo tentou se esquivar, mas acabou dando a entender que a firma de Cupertino já estaria trabalhando em um modelo de assinatura para a iTS, que seria acessível via streaming.

A Apple não é atualmente uma revenda envolvida num modelo de acesso ou assinatura. Eu prefiro não especular nada sobre os planos da Apple — mas a tecnologia adquirida na compra do Lala é bastante interessante. Essa é uma questão que a gerência da Apple deve responder.

Há poucos dias, outro rumor indicou que um iTunes.com estaria de fato chegando, mas não tão cedo quanto esperamos.

[via paidContent]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes