Revista Esquire chega para iPad procurando libertar-se de sua versão de papel, mas com o mesmo preço

Ícone da EsquireEntre repetir o conteúdo da edição tradicional de uma revista ou tentar algo novo, o que você faria? O pessoal da Hearst parece estar pendendo para a segunda opção. Depois de uma tentativa única com uma edição interativa da Popular Mechanics para iPad [US$2; 26,9MB; requer o iOS 3.2 ou superior], a editora resolveu investir em uma versão digital da Esquire, revista com dicas de moda, cultura e estilo de vida voltada ao público masculino.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=G8XmuGDj1wE[/youtube]

Acima: Christina Warren, do Mashable, e Josh Koppel, chefe criativo da Scrollmotion,
fazem um preview da Esquire no iPad.

Esquire no iPad

A revista no iPad não traz o mesmo conteúdo da que é vendida nas bancas e também conta com uma quantidade ínfima de anúncios (dois, ambos da Lexus), o que pode justificar, em parte, seu preço de US$5 na App Store [88,9MB; requer o iOS 3.2 ou superior em iPads]. A Hearst não está fechada a uma redução com planos de assinatura, mas esse tipo de opção ainda não está disponível na App Store — temos apenas rumores sobre o assunto.

Esquire no iPad

O conteúdo do app em si é bem interessante e parece atrativo (se por um lado a “capa em movimento” de cinco segundos é um tremendo #FAIL, um romance de 77 páginas de Ivan Turgenev foi incluído nesta edição), com recursos que tornam a experiência de leitura numa tablet realmente algo novo.

Será esse o caminho que as editoras devem seguir, para atrair mais leitores sem ameaçar seus negócios tradicionais? O tempo dirá, mas eu não derramaria muitas lágrimas se visse as edições de papel sendo substituídas por versões digitais como esta.

[via AppleInsider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes