Analistas reagem à recepção morna do iPhone CDMA ontem

Talvez estejamos habituados demais a lançamentos bombásticos da Apple, lojas lotadas e filas quilométricas. Tão habituados que chegamos a esperar do relançamento de um smartphone com mais de seis meses de idade (portanto, já na metade de sua vida como “última geração”) a mesma vibração da primeira vez. Mancada, pois ontem muitas lojas da Apple estavam nesta situação:

Fila para comprar o iPhone CDMA

Diante de uma imagem desoladora dessas, os analistas do mercado começaram a ruminar. Brian White, da Ticonderoga Securities, confirmou a quase completa ausência de filas nas lojas nova-iorquinas da Maçã — justo uma das cidades com pior cobertura da AT&T.

Haveria, porém, várias possíveis desculpas explicações para esse desempenho morno: a pré-venda foi avassaladora (esgotou em 17 horas), o clima desencorajou as pessoas a saírem de casa e muita gente nem imaginava que Apple Stores venderiam o iPhone CDMA (achavam que ele estaria disponível apenas em lojas da Verizon).

Apesar da falta de filas, White acredita em um bom desempenho para o smartphone CDMA da Maçã: as vendas nos Estados Unidos deverão chegar a 11,7 milhões de unidades em 2011 (cerca de 0,7–1 milhão só na pré-venda), um número que poderá até se mostrar conservador. Isso sem contar possíveis lançamentos internacionais, como na China Telecom.

Mike Abramsky, da RBC Capital, foi um pouco além e entrou em contato com 40 pontos de venda da Verizon em várias partes dos Estados Unidos: em nenhum deles o iPhone estava esgotado. A demanda, apesar de “parecer menor que a pelo iPhone 4 na AT&T ano passado” (“parecer menor” foi ótimo!), se manteve “constante ao longo do dia”. Constantemente fraca, pressuponho.

Abramsky alerta, ainda, que é importante manter a atenção, para ver se as vendas vão se distribuir ao longo dos próximos dias em vez de se concentrar no lançamento. Até que se prove o contrário, a Apple ainda estaria na rota para alcançar o primeiro milhão de vendas em uma semana.

Tecnicamente, tudo isso pode indicar apenas que a Apple finalmente conseguiu administrar seu sistema de pré-venda e afinar-se com uma operadora para permitir um lançamento tranquilo — quem quiser acreditar nisso, sinta-se à vontade. Eu particularmente acho muito estranho que a sequência de lançamentos recentes da Maçã tenha essa quebra de ritmo. iPhone? Filas. iPhone 3G? Filas. iPhone 3GS? Filas. iPad? FILAS. iPhone 4? FILAS. iPhone CDMA? … Cri… Cri… Cri…

[via AppleInsider: 1, 2 | imagem: Your Tech Weblog]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes