Apple poderá eliminar capacidade de armazenamento para tornar iPhone nano superacessível

Um dia depois de voltarem os rumores de um iPhone nano, o Cult of Mac divagou sobre o que a Apple poderia fazer para lançar um smartphone mais barato no mercado e, ao mesmo tempo, garantir o sucesso do suposto serviço de streaming de músicas e vídeos que ela deverá lançar neste ano. Fontes ligadas ao site acreditam que a capacidade de armazenamento será eliminada para tornar o novo produto mais acessível, fazendo com que ele funcione de maneira similar ao atual Apple TV.

Desta forma, todos os dados do usuário — incluindo, músicas, vídeos, documentos e outras informações — viriam do MobileMe renovado pela Apple, de forma que ninguém precisaria ficar se importando com armazenamento. O sistema lembra o nome “MediaStream”, que apareceu em uma versão de testes do iOS há pouco tempo.

Caso tudo isso aconteça, o iOS para o iPhone nano se comportará como um sistema operacional dependente da nuvem — não será um Chrome OS da vida, mas ao menos deverá permitir o uso do aparelho sem nenhuma necessidade de fios. Há de se questionar, contudo, como um aparelho desses funcionaria sem nenhuma conexão com a web e como a Apple pretende colocar aplicativos em algo assim.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes