Saiba mais sobre a tecnologia Thunderbolt, da Intel, que está agora presente nos MacBooks Pro [atualizado]


Enquanto a Apple atualizava seu site com informações sobre os novos MacBooks Pro, hoje pela manhã, a Intel realizava um evento para apresentar ao mundo a tecnologia Thunderbolt — que antes era conhecida como “Light Peak”. Imagino a cara dos que gritaram “fake” pra cima e pra baixo, nos rumores de ontem. 😉

Logo - Thunderbolt

Inicialmente pensou-se que a Thunderbolt iria utilizar o mesmo padrão de conector USB, porém, conforme destacamos mais cedo, o fórum de implementadores da tecnologia se opôs à ideia e aí, trabalhando em conjunto com a Apple, a Intel decidiu adotar o formato do conector da Mini DisplayPort. Com isso, a mesma porta serve tanto para a conexão de monitores externos quanto para transferência de dados em alta velocidade.

Porta Thunderbolt no MacBook Pro

Esqueça USB 3.0, esqueça FireWire 800, esqueça eSATA: a Thunderbolt é composta de dois canais simétricos (bi-direcionais) com taxas de transferência de 10Gbps cada. Ela oferece conectividade PCI Express direta para periféricos de alta performance, como conjuntos RAID, além de suportar dispositivos convencionais USB/FireWire e redes Gigabit Ethernet, com o uso de adaptadores.

De acordo com a Intel, a Thunderbolt é capaz de transferir um filme em HD completo (~15GB) em menos de 30 segundos, ou fazer o backup de um ano inteiro de áudio contínuo em MP3 em pouco mais de dez minutos. Imaginem quando ela começar a ser usada para sincronizar iGadgets. 😉

Esquema de funcionamento da Thunderbolt

A Thunderbolt é uma tecnologia de I/O (entrada e saída, ou E/S) capaz de trabalhar com monitores em alta definição, não só DisplayPort mas também HDMI, DVI e VGA — mais uma vez, com o uso de adaptadores especiais.

Um dos aspectos mais bacanas da tecnologia, na minha opinião, é a sua capacidade de criar cadeias de até seis aparelhos interconectados — ou seja, apenas uma porta por computador é suficiente. Veja um exemplo disso no vídeo abaixo:

Os cabos utilizados para conectar dispositivos em portas Thunderbolt podem ser tanto elétricos quanto ópticos.

MacBook Pro com Thunderbolt

Os novos MacBooks Pro são apenas o começo da história da Thunderbolt em Macs. A partir de agora, podem aguardar a implementação dela em todo novo computador lançado pela Apple.

Outras fabricantes de PCs também deverão passar a adotar a Thunderbolt em suas linhas a partir deste ano, mas eu aposto que ela irá bombar mesmo em 2012.

Atualização (às 18h44)

O AppleInsider observa que outras fabricantes de PCs só devem começar a implementar a Thunderbolt em suas linhas daqui a alguns meses — o que significa que a Apple deverá ter uma espécie de exclusividade na tecnologia por cerca de um ano.

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: