Explosão em fábrica de iPads na China deixa vários trabalhadores feridos e dois mortos [atualizado]

Há algumas horas ocorreu uma forte explosão em uma fábrica da Foxconn localizada em Chengdu (China), onde são fabricados iPads. Segundo o M.I.C gadget, a situação no local é de caos, com vários carros de bombeiros e viaturas policiais chegando ao local.

A explosão teria acontecido às 19h10 (hora local), supostamente no momento da troca de turnos, resultando em 16 pessoas feridas (3 das quais, gravemente) e 2 mortos. Repórteres foram orientados a se manter longe do prédio, por causa do risco de uma nova explosão.

Ainda não se sabe a extensão total dos danos, mas supõe-se que o acidente tenha abalado a estrutura de três andares do prédio. A polícia está investigando as causas para o acidente, mas já descartaram que ele tenha sido provocado por falha humana.

[via 9 to 5 Mac]

Atualização (às 19h38)

Em declaração ao AllThingsD, um porta-voz declarou que a Apple já está trabalhando para apurar as causa para a explosão. “Estamos profundamente tristes com esta tragédia na fábrica da Foxconn de Chengdu e nossos corações se voltam para as vítimas e suas famílias. Estamos atuando juntamente com a Foxconn para entender o que causou este terrível evento.”

O Fortune Tech trouxe uma avaliação de Mike Abramsky sobre o quão prejudicial à Apple seria este acidente. O analista da RBC Capital trabalha com duas possibilidades: ou as instalações de Chengdu eram primordiais e não voltarão à atividade plena até junho (caso em que a produção de iPads no trimestre poderá ficar até 36% aquém do esperado, com 2,8 milhões de unidades a menos), ou as instalações principais são de Shenzhen e a fábrica de Chengdu voltará à ativa em breve (caso em que a produção ficará “apenas” 1,3 milhão de unidades aquém do previsto).

Dado que a AAPL hoje fechou cotada a US$335,22 (-1,56%), é provável que os investidores estejam apostando no primeiro caso.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes