Google Apps em breve só suportarão as duas últimas versões dos navegadores mais populares

Ao contrário de certas empresas brasileiras, o Google sempre se preocupou em oferecer o máximo de compatibilidade em seus serviços, para usuários nas mais diversas plataformas e nos mais variados navegadores. Em breve, isso mudará um pouco — mas, na minha visão, será para melhor.

Logo do Google Apps

A partir de 1º de agosto, os Google Apps deixarão de suportar o Firefox 3.5, o Internet Explorer 7, o Safari 3 e seus antecessores. Aí, sempre que uma nova grande versão desses for lançada, o Google descartará a mais antiga — focando-se sempre nas duas gerações mais atuais. No caso do Chrome isso não é um problema, visto que ele sempre é atualizado automaticamente. Já o Opera é o único navegador com um número “significativo” de usuários não suportado oficialmente pelo Google.

Embora isso possa vir a prejudicar alguns usuários — principalmente em empresas, que costumam demorar mais a atualizar seus sistemas internos —, a medida certamente contribuirá para incentivar as pessoas a sempre estarem rodando versões atualizadas de navegadores, não só mais modernas como também mais seguras.

Portanto, se você é um usuário de Gmail, Google Calendar, Google Talk, Google Docs e/ou Google Sites e ainda roda um desses browsers antigos (certamente não é o caso da grande maioria dos nossos leitores, mas o público que lê o MacMagazine não é referência nesse aspecto), aproveite a oportunidade e dê logo um jeito nisso! 😉

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes