Quando parecia que a coisa não podia piorar, já tão dizendo que a Nokia vale menos que a Skype

A coisa tá feia pro lado da Nokia. Muito feia. Na verdade, as últimas 24 horas não foram nada gentis com a fabricante finlandesa de celulares. Por onde começar? Acho que pelo mais patético: o BGR lançou um rumor de que a Microsoft estaria interessada em comprar a divisão de celulares da Nokia por US$19 bilhões. Não é por nada, não, mas a compra da Danger resultou no KIN — e esse não é o apelido do Kinect, mas sim o nome de um fracasso épico da gigante de Redmond no ramo de “celulares que não são exatamente smartphones mas quase chegam perto”.

Desempenho das ações da Nokia no fim de maio

Ok, segundo a Barron’s, a própria Nokia declarou que tudo isso não passa de um rumor sem embasamento… mas será que não havia algo de verdade por trás dessa história? A fonte era quente, segundo o BGR, e o resultado do rumor pode ser visto acima: quedas sucessivas na NYSE:NOK — o market cap da companhia está pouco abaixo de US$25,5 bilhões (quase o mesmo tanto de receitas da Apple no último trimestre, segundo o 9 to 5 Mac).

Diante de previsões cada vez mais sombrias apresentadas pela Nokia ontem, Horace Dediu fez algumas contas e chegou à conclusão de que a divisão de celulares da companhia finlandesa pode valer bem menos de US$10 bilhões. Talvez até menos que os US$8,5 bilhões que Steve Ballmer torrou investiu na aquisição da Skype.

Uma coisa é certa: foi-se o tempo em que Nokia era sinônimo de “telefone”. Ou melhor, minto. Nokia ainda é sinônimo de “telefone”! Pena que ninguém mais quer telefones: as pessoas agora querem computadores de bolso. 😛

[dica do Murilo]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes