iPhone não fica nem próximo do topo de ranking de smartphones… que mais emitem radiação

A Apple pode ter negado a entrada de um app medidor de radiação na App Store, mas isso não quer dizer que ela esteja querendo esconder algo de ruim. É o que mostra uma pesquisa da World Health Organization (WHO) liberada nesta semana, a qual criou um ranking dos celulares mais prejudiciais à saúde humana.

Radiação de celulares

A base da lista é a SAR (Specific Absorption Rate, isto é, Taxa de Absorção Específica), que mede quanta radiação o corpo absorve com o uso do aparelho. O limite legal imposto pela FCC, nos Estados Unidos, é de 1,6 watts por quilo.

Eis os maiores:

  1. Motorola Bravo (AT&T): 1,59W/kg
  2. Motorola Droid 2 (Verizon Wireless): 1,58W/kg
  3. Palm Pixi (Sprint): 1,56W/kg
  4. Motorola Boost (Boost Mobile): 1,55W/kg
  5. BlackBerry Bold (AT&T, T-Mobile): 1,55W/kg
  6. Motorola i335 (Sprint): 1,55W/kg
  7. HTC Magic (T-Mobile): 1,55W/kg
  8. Motorola W385 (Boost Mobile, U.S. Cellular, Verizon Wireless): 1,54W/kg
  9. Motorola Boost i290 (Boost Mobile): 1,54W/kg
  10. [empate] Motorola DEFY (T-Mobile); Motorola Quantico (U.S. Cellular, MetroPCS); Motorola Charm (T-Mobile): 1,53W/kg

Embora também não esteja entre os menores, o iPhone 4 (AT&T, modelo GSM) apareceu lá no meio da lista, com uma taxa de 1,17W/kg. Já o 3GS emite 1,19W/kg, e o antigo 3G, 1,03W/kg.

Confira o ranking completo aqui.

[via CNN.com]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes