Desenvolvedor processa Apple por práticas anticompetitivas referentes ao iCloud

Embora a Apple tenha apenas revelado o nome do seu novo serviço online, a Simfy, empresa de origem alemã, está acusando a Maçã de práticas anticompetitivas por adiar a aprovação do seu aplicativo de streaming de músicas para iPads. Segundo a própria empresa, a espera pela aprovação já se arrasta há mais de três meses e a Apple estaria fazendo isso para favorecer o lançamento do seu próprio serviço concorrente, o qual provavelmente acontecerá nesta tarde.

Logo da Apple na nuvem

“Sempre consideramos a Apple uma parceira importante, mas é inaceitável para ela ser capaz de controlar o mercado desta forma”, disse Gerrit Schumann, CEO da Simfy. Clientes da empresa na Alemanha estariam reclamando da falta de novos aplicativos e suporte a iPads, mas isso aparentemente não está relacionado com as suas atitudes, mas sim com os próprios planos da Maçã.

Investidores da Simfy afirmam que o processo de aprovação do seu aplicativo de streaming para iPads já passou para empregados de níveis superiores na equipe da iOS App Store, mas a Apple parou de responder os contatos há algum tempo. “É óbvio que estão fazendo mau uso do seu poder”, afirmou Ciaran O’Leary, da Earlybird.

O processo contra a Apple foi registrado na autoridade antitruste da Alemanha, mas a Simfy espera por outras empresas que queiram apresentar reclamações sobre abusos similares em outros mercados. A pequena companhia tem planos de ir além do seu atual mercado de atuação (o qual também engloba Suíça e Áustria), aumentando as possibilidades de a Apple estar segurando a aprovação da App Store para não comprometer o lançamento do iCloud.

[via The Next Web]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes