Triste, porém (possivelmente) verdade: as pessoas têm a mania feia de nunca conectar o iPhone ao computador

Eu acredito piamente numa estatística perturbadora que David Chartier compartilhou hoje: “um passarinho” lhe contou que Geniuses de todo o país estão animadíssimos com os backups automáticos do iCloud, pois cerca de metade dos iPhones que precisam ser trocados só viram o iTunes uma vez na vida (na ativação).

O que isso significa? Que os donos desses aparelhos perdem todos os dados com a troca, desde a agenda, até as fotos, pois é o iTunes que faz backups automáticos.

Ícone do iTunes no iOS 4.2b2

Tenebroso? Sim. Surpreendente? Não. Quando o Time Machine foi apresentado como uma das novidades do Leopard, a explicação dada para a necessidade de um aplicativo do tipo é que pessoas não fazem backups. Daí, é preciso facilitar ao máximo essa tarefa. O que a Apple fez com o iPhone foi tornar o backup uma parte quase essencial da experiência: você conecta o aparelho para sincronizar/recarregar e ele, antes de mais nada, faz o backup. Demora, mas pode salvar sua sanidade mental em caso de sinistro.

One more thing… Além do backup com o iCloud, o iOS 5 vai trazer mais uma boa razão para conectar o iPhone ao iTunes e fazer seu santo backup de todo mês: dá pra usar o gadget enquanto ele sincroniza.

Por falar nisso, você já fez um backup do seu iGadget? Olha, olha! Não vai dar chance pro azar e entrar nesta triste estatística. 😛

[via Daring Fireball, iDB]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes