Nanosys apresenta tecnologia de displays que pode ser melhor que uma tela Retina no iPad

A ideia de um iPad com tela Retina é extremamente atraente, ainda que não seja lá muito exequível por enquanto. Só que uma nova tecnologia de LCD, apresentada pela Nanosys, pode fazer com que não seja nem mesmo necessário investir em telas Retina, seja para tablets ou computadores: usando um tipo especial de filtro para gerar uma luz branca com menos tendência para o azul, a empresa promete melhorar visivelmente a qualidade das cores exibidas em displays sem aumentar o consumo de bateria ou pesar no custo de fabricação. A inovação é tão impressionante que rendeu até um artigo na The Economist.

O vídeo acima mostra uma entrevista do CEO da Nanosys, Jason Hartlove, com Robert Scoble, na qual o executivo explica o segredo por trás dessa nova tecnologia, chamada Quantum Dot Enhanced Film (QDEF) — a qual, diga-se, depende de 400 patentes devidamente registradas pela Nanosys. Os relatos de quem vê essas novas telas em pessoa são cheios de superlativos, mas é interessante notar que não dá pra perceber tanto o nível de melhoria proporcionado por display QDEF se você assistir a uma gravação num monitor convencional.

Tudo indica que a Apple deverá lançar um iPad com display Retina tão logo bateria, GPU e memória deem conta de gerenciar uma tela com 2048×1536 pixels, mas será melhor ainda se esta tecnologia da Nanosys também for usada para melhorar a performance de cores não apenas da tablet da Maçã, mas de todos os eus produtos (especialmente MacBooks).

[via Electronista]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes