Eric Schmidt elogia Steve Jobs novamente: “a melhor performance de um CEO nos últimos 50, talvez 100 anos” [atualizado]

Assim que Steve Jobs renunciou ao cargo de CEO da Apple, diversos executivos teceram comentários sobre o assunto — muitos deles, obviamente, elogiando a trajetória de Jobs — e Eric Schmidt foi um deles.

O interessante aqui são as histórias que envolvem os dois: Steve Jobs não morria de amores por Schmidt e, enquanto a rivalidade entre Apple e Google crescia (iOS vs. Android, principalmente), o então CEO do Google ainda fazia parte do quadro de diretores da Maçã — não por menos, Jobs manteve o “projeto iPad” longe de Schmidt. Todo esse processo culminou na saída do Eric da diretoria da Maçã.

Charge - Steve Jobs (Apple) contra Eric Schmidt (Google)

Mas parece que a admiração do ex-CEO do Google por Steve Jobs é maior que qualquer “problema de relacionamento”. Em uma conversa com o CEO da Salesforce, Marc Benioff, Schmidt disse:

Steve Jobs teve a melhor performance de um CEO nos últimos 50, talvez 100 anos. Ele não apenas construiu a Apple uma, mas duas vezes.

Ainda questionado sobre as diferenças entre os Steves (Jobs e Ballmer), Schmidt foi sucinto: “Diferença nas habilidades.” Comentando ainda o que veremos no futuro, o atual presidente executivo do Google disse que a próxima geração de líderes e startups envolverá os temas mobile, social e local, pois, segundo Schmidt, atingimos o limite máximo da plataforma PC e o futuro agora está no mobile.

Indagado sobre a compra da Motorola Mobility, Schmidt disse que a aquisição foi motivada por produtos, e não apenas por patentes. “O time da Motorola possui produtos excelentes”, afirmou.

Sei, Eric, sei… 😛

[via TechCrunch]

Atualização

Veja o momento em que Eric Schmidt fala sobre Steve Jobs:

Ainda sobre sua saída da diretoria da Apple — o executivo chegou a comentar o assunto na entrevista, mas infelizmente o trecho não faz parte do vídeo acima —, a Bloomberg transcreveu uma fala de Schmidt erroneamente. A notícia se espalhou e gerou um certo burburinho. Porém, no momento desta atualização, parece que todos os veículos já se corrigiram e noticiam a verdadeira informação.

Sobre a tal frase, Schmidt disse: “Eu fiquei na diretoria até o momento que não pude mais.” Inicialmente, a Bloomberg transcreveu: “Eu fiquei na diretoria até o momento que não aguentei mais.” O que a troca de algumas palavras não faz…

[via TNW]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes