Em processo aberto pela Apple, Verizon intervém em favor da Samsung para defender seus próprios interesses

Logo da Verizon WirelessSegundo conta o FOSS Patents, a Verizon Wireless decidiu se manifestar em apoio à Samsung num processo aberto pela Apple, implorando que a corte federal negue o pedido de liminar da Maçã, que retiraria do mercado três smartphones e uma tablet da sul-coreana. A alegação é que tal decisão poderia prejudicar o interesse público, por retirar do mercado produtos compatíveis com redes de telefonia 4G/LTE, privando os consumidores de acesso a internet móvel de alta velocidade.

Desculpe, acho que escrevi o trecho acima de forma imprecisa, vou tentar retificar: a Verizon alegou que vai ter prejuízo, por não poder oferecer em suas lojas alguns dos poucos gadgets cujas fabricantes foram loucas/desesperadas o bastante para adotar chips 4G no estado atual, consumindo mais energia que uma lâmpada incandescente. Pronto, acho que agora reflete um pouco melhor a realidade. Amigos, amigos, negócios ações judiciais à parte.

Resta saber que tipo de jogada foi essa da Verizon: por um lado, ela está defendendo seu interesse imediato (apesar de o iPhone ser o celular mais vendido em sua rede); por outro, ela está se metendo numa briga em que vai sair perdendo, não importa quem vença. Ou não. Pode ser que a operadora já tenha uma noção de que não há como a Apple voltar atrás em relação a suportar redes CDMA, por isso tal atitude antipática.

Só que o mundo dá voltas, e eu tenho certeza de que Steve Jobs a Maçã não vai esquecer essa atitude da Verizon. Daqui a alguns anos uma certa operadora estará de #mimimi, reclamando que não pode concorrer com isso ou aquilo que a Apple lançou em parceria com a AT&T.

[via The Loop]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes