Apple protesta contra intervenção da Verizon em processo contra a Samsung

Se dizendo como defensora dos frascos e dos comprimidos do interesse público, a Verizon quis intervir em um processo da Apple contra a Samsung pedindo que os smartphones da coreana não fossem banidos. Evidentemente, a Maçã exerceu seu direito de protesto, conforme conta o FOSS Patents, só que manteve o foco apenas no aspecto técnico da intervenção da operadora.

Apple Ace Attorney - OBJECTION!

A Verizon escolheu como forma de intervenção uma amicus curiae (“amigo da corte”, uma carta de esclarecimento escrita por terceiros com o objetivo de elucidar questões para o juízo), mas os advogados da Maçã alegam que houve intempestividade na apresentação desse documento — ou seja, ele foi entregue fora do prazo razoável. Caso a corte aceite a intervenção da Verizon, a Apple pede que lhe seja dado o direito de responder em 6 de outubro.

As chances de o ato da Verizon ser relevante ao caso são pequenas, e não somente pelo argumento da Apple: as razões apresentadas pela operadora também são bastante fracas, dado que vários dos celulares que seriam banidos ou já não estão mais à venda ou logo, logo não estarão. Em todo caso, mesmo que a participação dela seja aprovada, a Maçã ainda terá direito a uma resposta, atacando o mérito do que foi levantado.

No fim das contas, a Verizon apenas deixou bem claro de que lado está nessa briga — algo não muito sábio de se fazer, diga-se. Não importa o lado que ganhe ou perca neste processo, a Verizon vai sair perdendo.

[via Electronista]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes