Micropesquisa encontra mais adolescentes com iPads na China do que em Palo Alto, nos EUA

Uma pesquisa feita pela Universidade de Stanford (na verdade uma pesquisa-bebê, por causa do universo amostral) obteve um resultado curioso: ao entrevistar 44 adolescentes em Palo Alto, na Califórnia, e 27 em Pequim, descobriu-se que 44% dos jovens chineses eram donos de iPads, enquanto apenas 16% dos norte-americanos tinham a tablet da Apple. São 12 contra 7, se você fizer as contas.

Fila para comprar iPhone branco na China - M.I.C Gadget

Levando em conta que Palo Alto fica praticamente no quintal da Maçã, essa diferença fica mais gritante ainda. Mesmo não podendo chamar esse levantamento de “Pesquisa”, com P maiúsculo, é curioso ver como o iPad fez sucesso na terra dos dragões. Diante de uma informação dessas, fica fácil entender por que a Apple está investindo tanto por lá.

Quando será que poderemos dizer o mesmo do Brasil?

[via Cult of Mac]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes