RBC Capital: iPhone 3GS continuará à venda, por US$400 sem contrato ou de graça, subsidiado

Está começando a parecer que o iPhone 3GS é um MacLeod: além de ser o segundo smartphone mais vendido na AT&T (adivinha pra quem ele perde!), ele é o celular mais antigo da Apple ainda à venda. Sério, na linha de produtos da Maçã, ele só perde pro iPod classic em tempo de prateleira sem alterações positivas. Apesar disso, tem gente ainda apostando que ele tem muito gás para continuar na pista: Mike Abramsky não sabe se amanhã será apresentado um iPhone 4S ou um iPhone 5, mas o analista da RBC Capital acredita que o modelo de entrada continuará sendo o mesmo, só que mais barato ainda.

iPhone 3GS

Os celulares da Apple obedecerão à seguinte estrutura de preços, no palpite de Abramsky: iPhone 4S/5 pelo preço atual, a partir de US$200 com contrato ou US$650 sem contrato; iPhone 4 por US$100 com contrato ou US$500 sem; iPhone 3GS de graça com contrato ou por US$400 sem. Sabe qual o maior problema que eu vejo nesse esquema? A Apple odeia associar os produtos dela à palavra “gratuito”.

Ok, podemos levar em consideração que o iPhone 3GS continua sendo um celular muito bom, mesmo para os padrões de hoje — lembre que quase todo mundo ainda usa dumbphones (no máximo, com um teclado QWERTY) e que, para essas pessoas, até um iPhone de 2007 seria um salto evolutivo fenomenal. Só que esse não é o estilo da Apple de fazer as coisas: creio que o iPod classic ainda é vivo simplesmente por saudosismo (é preciso um bom motivo para matar o maior representante do produto que fez a Maçã ser o que é hoje), e lamento informar que o iPhone 3GS não tem essa prerrogativa.

Tudo indica que amanhã ele vai pegar a rota da extinção — e o lado bom dessa história é que o substituto poderá ser um iPhone 4 Assembled in Brazil!

[via AppleInsider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes