Com o Siri, chegamos ao futuro de 1987

O Siri (ou a Siri, não sei por que, mas tenho muita vontade de me dirigir a ela como se fosse uma pessoa) será a grande novidade do iPhone 4S, pelo menos nos poucos países cujo idioma o sistema suporta. Você fala com o seu smartphone, ele responde, você pede coisas, ele faz, tudo usando linguagem natural — e esse é o seu grande diferencial, como bem destacou o Cult of Mac: você pode falar como se estivesse conversando com uma pessoa, sem precisar se ater a estruturas frasais básicas, simplificadas para um computador.

Só que isso não é exatamente uma “novidade”: em 1987 um produto nesse estilo já fora concebido, ainda que só como uma possibilidade remota de um futuro distante. Acontece que chegamos a esse futuro, ainda que a Siri não use uma gravatinha borboleta. Você se lembra do Apple Knowledge Navigator? O pessoal do This is my next… relembrou este vídeo histórico na hora certa:

As semelhanças são incríveis, e vão ficar mais óbvias ainda se o Siri chegar ao iPad! Demorou, mas chegamos ao futuro de 1987. 🙂

One more thing… (já que ontem não teve, heh) Um bônus para quem conseguir registrar o primeiro #FAIL de proporções Microsoftianas do Siri.

E só mais uma coisa: o AppleInsider bem notou que o aplicativo Siri original (removido da App Store ontem, logo após a keynote) hoje alertou seus usuários de que ele vai parar de funcionar em 15 de outubro.

Fui substituído! O novo Siri é ainda mais esperto e bonito que eu, e está esperando por você no iPhone 4S. Vou embora para casa em 15 de outubro. Até lá… em que posso ajudar?

Tudo é muito engraçadinho, mas começa assim. Quanto tempo até a Siri ficar inteligente demais e começar a se comportar como o HAL9000 ou, pior ainda, como a GLaDOS? :-S

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes