TSMC teria enviado 60 representantes a Infinite Loop para tratar da produção do processador A6

De acordo com informações obtidas pelo DigiTimes, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) e sua parceira no design de chips, a Global UniChip, teriam enviado uma equipe de 60 membros ao campus da Apple em Cupertino para discutir a produção de chips A6 usando processos de 28 nanômetros. Os principais assuntos em pauta seriam a eficiência da produção e as patentes a serem licenciadas para viabilizar o projeto.

Processador Apple A5

O processador A5 é hoje usado no iPad 2 e no iPhone 4S.

A escolha da TSMC como parceira pode ter uma dupla finalidade: por um lado, para reduzir a dependência em relação à Samsung (com quem a gigante de Cupertino se vê mais e mais às voltas em tribunais) e, do outro, ter acesso a processos de 28 nanômetros antes de hardware concorrente, como os processadores móveis Kal-El, da NVIDIA, que usam processos de 40 nanômetros.

Acredita-se que a Maçã tenha planos de iniciar a produção em larga escala a partir do início de 2012, mas para tanto vai ser preciso melhorar o rendimento das linhas de fabricação de chips. Caso tal cronograma se cumpra, é possível que os processadores fiquem prontos a tempo de aparecer na terceira geração do iPad.

[via Electronista]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes