Duh: Steve Jobs deixou vários anos de produtos encaminhados na Apple

Existe uma coisa sobre o funcionamento da Apple que nem sempre está na mente das pessoas. Sabe o iPhone 4S, que foi anunciado na terça-feira? Bem, deixa eu contar um segredo: ele não começou a ser desenvolvido no começo deste ano. E o iPhone 4? Ele chegou às lojas em 2010, mas deve ter começado a ser projetado em 2008. Diante disso, é surpreendente ler no Daily Mail que Jobs deixou quatro anos de produtos encaminhados? Não — pelo menos para quem conhece um pouquinho da Apple.

Steve Jobs mais novo com Macintoshes (Macs)

Os planos iniciais para o iPad foram o que deu origem ao iPhone — e Jobs em pessoa foi quem disse isso. Ora, o nome “iPad” já rolava por aí desde 1999! Quando o Mac OS X foi lançado, ele passou anos “vivendo uma vida dupla secreta” (palavras de El Joboso) em processadores Intel: a diferença entre a chegada do novo sistema operacional e da transição para os processadores da Chipzilla é de cinco, seis anos! Pense nisso.

É evidente que muita coisa pode acontecer em quatro anos, mas pode dormir tranquilo tendo a certeza (e não é preciso citar nenhuma fonte anônima para afirmar isso, pois o próprio Steve já reconheceu isso publicamente várias vezes) de que o futuro está sendo criado em Infinite Loop e que vai levar alguns anos para a influência direta de Jobs desaparecer.

“Direta”, pois indiretamente ele estará em cada pedacinho de tudo o que a Apple (e a Samsung, e a Microsoft, e o Google, e a HTC, e a Dell, e a HP…) faz, por décadas. Ele foi e ainda é importante desse tanto. 🙂

[obrigado a todos que nos mandaram esta dica!]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes