CEO da SoftBank fala sobre a inesgotável paixão de Steve Jobs pela Apple e seus produtos

No dia do anúncio do iPhone 4S, Masayoshi Son, CEO da SoftBank, esteve na Apple para conversar com Tim Cook e, conforme contou durante um encontro com o embaixador dos Estados Unidos no Japão (em um trecho destacado pela PCMag), viu em primeira mão o quanto Steve Jobs era dedicado a sua companhia.

“Quando eu estava em reunião com Tim Cook, ele disse ‘Oh, Masa, desculpe, mas tenho que sair.’ Eu disse ‘Aonde você vai?’ Ele disse ‘Meu chefe chamou.’ Esse foi o dia do anúncio do iPhone 4S. Ele disse que Steve estava ligando porque queria falar sobre o próximo produto deles. E, no dia seguinte, ele faleceu”, relembrou o executivo. “Esse é o espírito que um verdadeiro empreendedor continuaria a ter até o dia de sua morte. […] A paixão, o amor por sua companhia e seu sonho, por seu próximo produto, dava-lhe energia.”

Na verdade, eu diria que esse é o comportamento natural para as pessoas que adoram seus trabalhos: enquanto a maioria dos indivíduos acharia loucura passar um segundo além do necessário cumprindo suas obrigações laborais, alguns não conseguem imaginar uma vida sem elas. Sorte destes, azar daqueles, e essa história demonstra claramente a qual desses grupos Jobs pertencia.

[via 9to5Mac]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes