Vídeo: Water Isaacson conta que Steve Jobs se arrependeu de não se operar mais cedo após descobrir o seu câncer

E felizmente não foi nem preciso aguardar o programa de domingo à noite para obtermos algo do “60 Minutes”. A CBS News já publicou um trechinho da reportagem na qual entrevista Walter Isaacson, autor da biografia autorizada de Steve Jobs.

Isaacson conta que Jobs se recusou a ser operado logo quando descobriu que tinha um câncer no pâncreas, optando por tratamentos alternativos/naturais por meses. Segundo o autor, Jobs não admitia a ideia de “ter alguém abrindo e violando o seu corpo” — e se arrependeu disso, tanto é que, nove meses depois, ele de fato se submeteu a uma cirurgia.

Mas pode ter sido tarde demais:

“Eu acho que ele meio que sentia que, se você ignorar algo, se você não quer que algo exista, você pode ter pensamento mágico… nós conversamos muito sobre isso”, contou Isaacson ao repórter Steve Kroft. “Ele queria falar sobre isso, sobre como ele se arrependeu… Eu acho que ele sentia que devia ter operado mais cedo.”

Quando Jobs finalmente decidiu revelar sua doença à Apple e ao mundo, ele decidiu fazê-lo de forma suave, reduzindo a seriedade da coisa. “Ele estava fazendo tratamento contra o câncer de forma secreta, embora dissesse para todos que já estava curado”, revela Isaacson.

· · ·

Na próxima segunda-feira (24/10), dia do lançamento mundial da biografia, a FORTUNE terá uma edição especial de sua revista com um pedaço exclusivo escrito por Isaacson, tratando do relacionamento de Jobs com Bill Gates.

Steve Jobs na capa da FORTUNE

É claro que muitos preferirão logo pôr as mãos no livro inteiro, mas a edição certamente será mais um item indispensável para colecionadores/admiradores.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes