IDC: Apple cresceu pouco no trimestre passado, mas ainda é uma das cinco maiores fabricantes de celulares

De acordo com dados divulgados ontem pelo IDC, o crescimento das vendas da Apple no trimestre passado, apesar de grande, não foi o bastante para fazer sua participação global avançar muito. Os fatores que contribuíram para isso foram a espera por um novo modelo de iPhone e o grande sucesso de fabricantes de Androids no sudeste asiático, entre elas principalmente a Samsung e a ZTE.

Vendas de celulares no Q3 2011 - IDC

A Nokia continua com a primeira posição no mercado global de celulares, mas perdendo terreno: com 106,6 milhões de unidades vendidas (27,1% de market share), a finlandesa teve uma queda de 3,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Outra que sofreu uma retração foi a LG (21,1 milhões de unidades; 5,4%), que caiu espantosos 25,7%.

A Samsung teve números bastante positivos, com 87,8 milhões de vendas e 22,3% de market share, apresentando crescimento anual de 23%. A Apple segue um ritmo similar, com 17,1 milhões de vendas e 4,3% de market share, tendo crescido 21,3%. Contudo, nenhuma se compara à explosão da ZTE, com 19,1 milhões de unidades e 5,4% de participação, mas crescimento de 57,9%. No todo, o mercado de celulares cresceu 12,8%, aproximando-se de 400 milhões de unidades.

No próximo trimestre, é esperada uma reação da Apple aos números atuais, impulsionada pelo sucesso do iPhone 4S. Caso o ritmo da ZTE se mantenha, ela e a Maçã deverão passar a LG na próxima avaliação do IDC.

[via Electronista]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes