Surge novo malware para Macs, desta vez interessado no seu dinheiro virtual

Malware de Mac OS XEssa é nova: a Intego divulgou a descoberta de mais um malware para Macs (ainda daquele tipo educado, que pede autorização para ser instalados), só que ele está de olho não no dinheiro que você tem no banco, mas nas suas Bitcoins. Batizado de DevilRobber.A, ele é um malware complexo, composto por um cavalo de Troia, uma backdoor, um ladrão e um spyware. É uma quimera!

Agora, a pergunta que vale todas as suas Bitcoins: como pegar esse babau? Ele se dissemina preferencialmente por aplicativos distribuídos via BitTorrent e é executado quando tais apps são inicializados. A primeira coisa que ele faz é procurar pelo Little Snitch (prática cada vez mais comum entre malwares) e, não o encontrando, prossegue à instalação.

Daí a verdadeira festa começa: ele coleta diversos arquivos do usuário (inclusive seu histórico no Safari) e, claro, vai direto em direção à carteira digital de Bitcoins. Mesmo que você não use essa moeda virtual, este malware ainda é capaz de “roubar” sua CPU/GPU para fazer mineração de Bitcoins (ou seja, ficar gerando códigos válidos para acumulação), além de roubar seu nome de usuário e senha para abrir uma backdoor.

E #comofas pra ficar a salvo? Você pode comprar um antivírus da Intego ou então simplesmente não sair instalando apps pirateados no seu Mac — via de regra, você estará seguro se colocar na sua máquina apenas apps baixados diretamente do site de desenvolvedores confiáveis ou se usar a Mac App Store. Não é tão difícil assim.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes