Apple altera novamente as regras do iAd, sua plataforma de anúncios para iGadgets


Pelo jeito o desempenho do iAd não está saindo conforme a Apple planejou. De acordo com o The Wall Street Journal, depois de baixar o preço mínimo das campanhas de US$1 milhão para US$500 mil, a Maçã reduziu novamente o custo inicial, agora para US$400 mil. Além disso, alterou a maneira como anunciantes pagam pela visualização de seus anúncios: o Custo Por Mil (CPM) passa a ser de US$10, enquanto que a visualização do anúncio propriamente dito (impressão) agora custa US$2.

iAd

Trata-se de um mercado novo para a Maçã, e ajustes precisam ser feitos para que ela consiga bater de frente com a concorrência — Millennial Media e Google tiveram melhores desempenhos com suas respectivas plataformas, de acordo com a firma IDC, aumentando a distância para a Apple.

Visando ganhar ainda mais market share, a Maçã está lançando um programa de treinamento para trazer mais anunciantes para a plataforma. Tal programa é uma parceria com a OMD, a fim de fornecer mais informações sobre o iAd para o mercado especializado — executivos da Pepsi, Clorox, e JC Penny visitaram o campus da empresa nas últimas semanas.

Veremos se, agora, o iAd decola de vez.

[via 9to5Mac]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: