Depois de ter sua reputação jogada no lixo por inventar história sobre a Foxconn, Mike Daisey resolve atacar repórteres do WSJ por entrevista com Tim Cook na D10

Há alguns meses, Mike Daisey ficou no centro de uma grande polêmica envolvendo a Foxconn e, indiretamente, a Apple e Steve Jobs — após descobrir-se que um monólogo de sua autoria era fictício em quase toda a sua integridade.

A coisa foi muito pesada, por pouco não foi levada à justiça pela própria Hon Hai Precision Industry (grupo que controla a Foxconn), mas no final das contas acabou por “simplesmente” jogar toda a credibilidade de Daisey — se é que ele já teve uma — no ralo.

Mike Daisey

Tentando ganhar um pouco de atenção da mídia — e, pelo teor da coisa e respostas obtidas, ele definitivamente conseguiu (aqui estamos, afinal) —, Daisey publicou ainda na última quarta-feira, à noite, uma “carta aberta ao AllThingsD” fazendo uma dura crítica à entrevista que os repórteres Kara Swisher e Walt Mossberg realizaram com Tim Cook na abertura da conferência D10.

Daisey usou duras palavras — inclusive chamando a dupla de “incompetente”, questionando seu título de jornalistas — para reclamar do teor das perguntas realizadas ao CEO da Apple e dando algumas “sugestões” de como a entrevista poderia ter sido conduzida de forma mais adequada, como pressionar Cook sobre o porquê de a Apple ter demorado tanto para tomar providências com relação às fábricas asiáticas, ou questioná-lo se o seu gerenciamento da cadeia de suprimentos da companhia não tem muito a ver com o estado das coisas por lá.

Indignados com o texto, Swisher e Mossberg deram suas respostas pelo Twitter:

[blackbirdpie id=”207723732280672256″]

[blackbirdpie id=”207824553110544386″]

O que, evidentemente, provocou um novo post de Daisey em seu blog criticando novamente a dupla por não dar uma resposta à altura, dando a entender que eles estariam admitindo que tudo o que ele falou era verdade.

Como sempre, a coisa é muito complicada. É óbvio que os repórteres poderiam ter sido mais duros e tentado pressionar Cook a dar respostas a esses sérios problemas, mas a Apple já tem sido bastante aberta com relação aos avanços feitos na China e é fato que isso tudo nem deveria ter chegado ao estado que chegou. O importante é que providências estão sendo tomadas, ainda que tardiamente. Ademais, o executivo não tinha obrigação de responder nada lá — tanto quanto negou, todas as vezes que foi questionado sobre futuros lançamentos da Apple.

Daisey sabe que “o povo” adora essas polêmicas e ver o circo pegando fogo, e não é só lá fora que vemos isso acontecer. Só que pra mim isso é muito sujo, baixo, irresponsável e desrespeitoso. Se Daisey tinha alguma razão para fazer uma crítica ao trabalho de Swisher e Mossberg, ele se perdeu na forma como colocou as coisas. E, sinceramente, depois do episódio todo com suas mentiras, o melhor era ele ficar caladinho por bastante tempo antes de vir a público tentar gerar baderna.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes