Destaques e pontos abordados na conferência de resultados financeiros da Apple para o FQ3 2012

Conforme vimos agora há pouco, o terceiro trimestre fiscal de 2012 da Apple não foi o melhor da empresa — a companhia divulgou um faturamento de US$35 bilhões, com lucro líquido de US$8,8 bilhões — ou US$9,32 por ação diluída. Ainda assim, ele trouxe números recordes para iPads e bons números relacionados a Macs.

Uma conferência realizada com acionistas e jornalistas destacou mais detalhes e outras informações sobre a situação atual da firma de Cupertino, e você confere tudo que rolou a seguir.

Meio logo da Apple

O evento contou com a presença de Tim Cook (executivo-chefe da Apple, ou CEO) e Peter Oppenheimer (chefe da área de finanças, ou CFO), e os principais pontos abordados durante a conferência foram:

iPhone

iPad

Mac

iPod

[Mac] App Store, iTunes Store, iCloud e Apple TV

Apple Retail Stores

Segmentos regionais

Projeções para o próximo trimestre (FQ4 2012)

·   ·   ·

Apesar de ficar abaixo das estimativas de analistas, a Maçã apresentou números acima dos estimados por ela, que foram de US$34 bilhões e ganhos por ação diluída de aproximadamente US$8,68. Com lucros de US$8,8 bilhões (uma margem de 42,8%), a Apple agora tem um caixa total de US$117 bilhões. “Nós não poderíamos estar mais confiantes no nosso pipeline de novos produtos”, disse Oppenheimer.

Na expectativa destes resultados, a NASDAQ:AAPL fechou o dia cotada a US$600,92 (queda de 0,48%); nas negociações pós-fechamento, porém, ela despencou 5,51%, cotada a US$567,80 — seu market cap está agora em US$561,90 bilhões.

[via AppleInsider]

Posts recomendados

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes