Pesquisa: em 2012, foram encontrados 235 famílias de malwares para Android e… 2 para iOS!

Ontem, despretensiosamente, querendo colocar lenha na fogueira, Phil Schiller (vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple) soltou o tweet abaixo:

O link leva a uma recém-liberada pesquisa de segurança da F-Secure, na qual podemos ver dados alarmantes para a plataforma Android e mais do que confortáveis para o iOS.

Gráfico - Malwares em plataformas móveis

O gráfico acima mostra que o Android é o principal alvo de crackers enquanto o iOS (e outras plataformas) praticamente não sofre com esse tipo de problema. Durante todo o ano de 2012, 235 famílias de malwares foram encontradas na plataforma Android, enquanto apenas 2 para iOS deram as caras.

Como sabemos e comentamos na época, aqui no MacMagazine, os dois casos ocorridos no terceiro trimestre eram apps mal-intencionados (Find & Call e Instaquotes) que passaram despercebidos pela equipe de aprovação da App Store. Felizmente, ambos foram rapidamente retirados da loja, mostrando que o controle e o ambiente “fechado” do iOS, questionado por muitos, tem seus benefícios.

O papo de quanto mais utilizado, mais visado — bastante usado na comparação entre a plataforma Windows e OS X — não cola aqui, afinal, apesar de o Android ser o mais utilizado do mundo, ele está bem longe de ter a mesma supremacia que vemos com o Windows em plataformas desktop.

Gráfico - Malwares em plataformas móveis

No fim de 2012 uma pesquisa da IDC indicou que o market share do Android no mundo era de 68,3%, enquanto o do iOS era de 18,8%. Contudo, como podemos ver no gráfico acima, 79% das 301 famílias de malwares encontradas em 2012 foram desenvolvidas para Android; no iOS, o número cai para 0,7%, mostrando que a relação com o tamanho do mercado passa longe, aqui.

Para mais informações sobre a segurança dessas plataformas móveis, não deixe de conferir o estudo completo da F-Secure [PDF].

A nossa recomendação é a mesma de Schiller: “Fique seguro por aí.” 😛

Posts recomendados

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes