Lançamento dos novos iPhones na China Mobile promete e milhões de aparelhos já foram encomendados [atualizado]

Os novos iPhones finalmente serão comercializados pela China Mobile a partir da próxima sexta-feira (17/1).

Apple Retail Store - Nanjing East

Apple Retail Store – Nanjing East, via Shutterstock.

Hoje, falando sobre o assunto para alguns veículos — entre eles o Wall Street Journal —, Tim Cook afirmou que o que estamos vendo é apenas o começo de uma parceria duradoura entre Apple e China Mobile. O chefão da Maçã se mostrou “incrivelmente otimista” dizendo que, apesar de ainda estarem se conhecendo, as empresas poderão fazer muitas coisas juntas no futuro (muito provavelmente se referindo a iPads e futuros iGadgets).

Por que esse amor todo com a China Mobile? A coisa é bem simples de entender: estamos falando da maior operadora do mundo, com cerca de 760 milhões de clientes. Agora imagine disponibilizar iPhones pra essa turma toda? É sucesso na certa! Xi Guohua, presidente da operadora, confirmou que milhões (nas palavras dele, “multi-milhões”) de iPhones já foram encomendados por clientes da telecom — o WSJ especula que a Foxconn despachou 1,4 milhão de iPhones para esse “lançamento”.

De acordo com Cook, a parceria com a China Mobile adicionará 3.000 novas localidades onde iPhones serão disponibilizados para o público, atingindo cidades até então não alcançadas pela Apple. Mas independentemente do sucesso de vendas, o CEO disse que o foco da empresa continua o mesmo de sempre e que ele nunca mudará: criar os melhores produtos possíveis.

Agora imagine se essa parceria tivesse entrado em vigor durante o quarto trimestre de 2013… os números do FQ1 2014 da Apple — que já serão bons — seriam monstruosos!

Numa nota relacionada — e mostrando como a China é cada vez mais importante para a Apple —, Cook disse que o país tem mais de 500 mil desenvolvedores criando apps para iOS!

[via 9to5Mac, MacRumors]

Atualização · 15/01/2013 às 14:25

Eis o vídeo da entrevista de Cook e Guohua, divulgado pela CNBC:

Já o WSJ publicou uma sessão de perguntas e respostas na qual o CEO da Apple respondeu sobre concorrência na China (ele está preocupado apenas em criar o melhor produto), o significado do lançamento do iPhone na China Mobile (o melhor iPhone na maior e mais rápida rede de dados da China), a performance das vendas no país (nunca se vendeu tantos iPhones na China quanto no fim do ano passado), cooperação entre as empresas, o porquê da demora para o acordo sair (Cook disse que a partir do momento em que a China Mobile lançou sua rede TD-LTE, em setembro, tudo aconteceu muito rápido), entre outras coisas.

[via AppleInsider, The Loop]

Posts recomendados

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes