Apple consegue duas importantes vitórias — ainda que temporárias — em disputas contra o governo dos EUA e a Samsung

Boas notícias para a Apple envolvendo dois diferentes processos que ainda correm na justiça americana.

Justiça

Justiça, via Shutterstock.

No primeiro, no qual a empresa perdeu uma briga contra o governo dos Estados Unidos — ela foi acusada de manipular o preço de ebooks ao lado das cinco maiores editoras do mercado americano —, uma das sanções aplicadas pela juíza responsável pelo caso envolvia o monitoramento da Apple em todas as negociações envolvendo ebooks por dois anos, contudo a Maçã conseguiu derrubar (ainda que temporariamente) esse monitoramento.

Ao Tribunal de Apelações dos EUA, a Apple alegou que Michael Bromwich (pessoa designada pelo governo para o monitoramento) tem sido muito intrusivo, solicitando reuniões com executivos e membros do conselho administrativo da empresa a todo momento, e que as atividades dele estão interferindo na capacidade dos executivos de tocar a empresa. Além disso, Bromwich cobrou US$138 mil por duas semanas de trabalho, valor que a Apple considera excessivo e fora dos limites dos tribunais.

·   ·   ·

Já em outro caso — a famosa disputa californiana contra a Samsung —, a juíza Lucy Koh decidiu que a sul-coreana infringe a patente 8.074.172 da Apple, que cobre recursos de autocorreção no iOS. Além disso, um dos inventos da Samsung que está na disputa (7.577.757, o qual cobre sincronização de conteúdo multimídia em diferentes dispositivos) foi invalidado por Koh, conforme informou o FOSS Patents.

Um novo julgamento está marcado para o dia 31 de março e, enquanto isso, a juíza vai fazendo a sua parte.

[via AppleInsider: 1, 2]

Posts recomendados

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes