Em entrevista, Tim Cook afirma que governo americano impede Apple de ser mais transparente

Ontem o Macintosh completou 30 anos e, como parte das comemorações, Tim Cook convidou a ABC para uma rápida entrevista na sede da Apple. Nós mostramos um aperitivo do bate-papo entre o jornalista David Muir e o CEO da Apple — junto de Craig Federighi (vice-presidente sênior de softwares) e Bud Tribble (vice-presidente de softwares) —, mas agora a entrevista completa foi disponibilizada.

Além do que já mostramos, temos basicamente a conversa em torno da vigilância da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, ou National Security Agency). O CEO da Apple deixou claro que muito coisa falada por aí não passa de mentira: o governo americano *não* tem acesso aos servidores da Maçã, *não* existe backdoor, entre outras coisas.

Cook também afirmou com todas as letras que as empresas precisam ser mais transparentes em relação a que tipo de informações estão sendo coletadas, de quantas pessoas, quando… mas que o governo impõe uma ordem de silêncio. Por conta disso, o chefão da Maçã continuará pressionando para que haja mais transparência.

[via Fortune Tech]

Posts recomendados

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes