Comprou um produto Apple e se arrependeu? Veja como funciona a política de devolução da empresa

Responda rápido: como funciona a política de devolução de produtos aqui no Brasil? Apesar de termos leis cobrindo isso, essa pergunta não é nem um pouco simples de responder. Mas com a chegada da primeira Apple Retail Store brasileira, as coisas ficaram um pouco mais claras — pelo menos quando estamos falando de Apple.

Em uma página intitulada “Política de Compras da Apple Store”, a empresa explica tudo bem detalhadamente para quem compra produtos em lojas físicas.

Empregado de uma Apple Store

Com relação à devolução de iPhones, você poderá devolver o seu iPhone, em perfeito estado e com todos os acessórios, em até 14 (quatorze) dias após a compra, para obter o reembolso total. Devolver o iPhone pode não implicar no cancelamento automático ou na redefinição da sua conta de internet e/ou telefonia celular, portanto, não se esqueça que você é o responsável pelo seu contrato de serviços de internet e/ou telefonia e por quaisquer taxas aplicáveis ​​associadas à sua conta. Entre em contato com sua operadora para obter mais informações.

Ou seja, comprou um iPhone (na verdade qualquer iProduct) na Apple Retail Store – VillageMall, usou por menos e 14 dias e não gostou?! Basta passar na loja e devolver o aparelho com todos os acessórios.

Para outros produtos, a regra é a mesma:

[…] Você poderá simplesmente devolvê-los, em perfeito estado de conservação, com a nota fiscal original (ou recibo do vale-presente) e embalagem originais dentro de 14 (quatorze) dias a contar da data da compra.

Após a devolução dentro do prazo, você poderá optar por um reembolso (com base no método de pagamento utilizado). Se você pagou o produto em dinheiro, saiba que a Apple *não* efetua reembolsos acima de R$2.000 na hora — ela enviará um cheque em até 10 dias úteis para você. Por enquanto só temos a loja do Rio de Janeiro, mas quando outras forem abertas, o cliente só poderá devolver os produtos em lojas no mesmo Estado (ou seja, comprou um iPhone no Rio, só poderá devolver no Rio).

E se um mau-caráter “achar” um iGadget novinho e levar numa Apple Store para devolver? Segundo a empresa, ela oferece ao usuário recursos de segurança para as pessoas protegerem seus aparelhos (Buscar Meu iPhone e Bloqueio de Ativação). Se eles foram ativados pelo dono do aparelho — e não puderem ser desativados pela pessoa em posse do produto — a Apple se reserva ao direito de negar a devolução. 🙂

·   ·   ·

O cliente que estiver insatisfeito com uma compra efetuada na Apple Online Store pode visitar o link “Status do Pedido” na Apple Online Store ou ligar para 0800-761-0867 a fim de solicitar uma autorização para devolução de material (conhecida como RMA), tendo os mesmos 14 dias corridos contados da data em que recebe o(s) produto(s) para iniciar o processo.

[…] Você deverá necessariamente devolver o produto para o depósito da Apple com uma declaração escrita ou uma cópia impressa da nota fiscal original (DANFE) dentro de 14 dias corridos após a emissão da RMA. Todos os produtos devem estar embalados em sua embalagem original e sem marcas, incluindo quaisquer acessórios, manuais, documentação e registros que tenham sido enviados com o produto.

Nesse caso, o consumidor é quem paga os custos de envio do produto para a Apple. A empresa recomenda ainda a utilização de uma transportadora que ofereça o rastreamento de cada fase do transporte e contrate seguro para o seu pacote (cobrindo a devolução ilesa) até a Apple — ou que declare o valor integral dos bens enviados para que você seja protegido completamente se o material for perdido ou danificado durante o trânsito. Caso opte por alguma coisa diferente disso, lembre-se de que você será responsável por qualquer perda ou dano que afete o produto durante o transporte. 😉

[dica do Cristhian Vieira]

Posts recomendados

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes