Apple e IBM fazem acordo para dominar o mercado móvel corporativo

Imagem de destaque

A Apple e a IBM anunciaram hoje uma parceria exclusiva para, de acordo com elas, transformar a mobilidade empresarial através de uma nova classe de aplicativos de negócios. As empresas combinarão suas forças, levando as capacidades analíticas e os dados da IBM para iPads e iPhones/iPods touch.

A parceria foi criada visando redefinir como o trabalho é feito hoje, ajustando peças fundamentais da indústria mobile como nova classe com mais de 100 especificações empresariais para soluções corporativas (incluindo apps nativos desenvolvidos especificamente para iGadgets), serviços exclusivos da IBM na nuvem, otimizados para iOS (incluindo o gerenciamento de dispositivos, segurança, análise e integração móvel), um novo serviço AppleCare (suporte adaptado às necessidades de empresas) e novas ofertas de pacotes da IBM para a ativação de dispositivos, fornecimento e gestão.

De acordo com o comunicado para a imprensa, a nova solução IBM MobileFirst para iOS será construída através de uma colaboração exclusiva que se baseia nos pontos fortes distintos de cada empresa: a capacidade de dados e análise da IBM, com a força de mais de 100.000 consultores e desenvolvedores de softwares do mercado por trás, e a enorme experiência da Apple com o mercado consumidor, integrando hardware, software e plataforma de desenvolvimento. A combinação criará aplicativos que podem transformar aspectos específicos de como as empresas e empregados estão usando iGadgets, permitindo que empresas atinjam novos níveis de eficiência, eficácia e satisfação do cliente — mais rápido e fácil do que nunca.

Como parte do acordo exclusivo IBM MobileFirst para iOS, a IBM também venderá iPhones e iPads com as soluções específicas da indústria para clientes corporativos em todo o mundo.

Ginni Rometty e Tim cook

Ginni Rometty e Tim cook

Eis a declaração de Tim Cook (CEO da Apple):

iPhones e iPads são os melhores dispositivos móveis no mundo e transformaram a maneira como as pessoas trabalham, com mais de 98% das empresas da Fortune 500 e mais de 92% da Global 500 usando dispositivos iOS em seus negócios hoje. Pela primeira vez estamos colocando os renomados dados e a análise da IBM ao alcance de usuários do iOS, o que abre uma grande oportunidade de mercado para a Apple. Este é um passo radical para a empresa e algo que só a Apple e a IBM podem oferecer.

Abaixo, a de Ginni Rometty (presidente e CEO da IBM):

A mobilidade — combinada com o fenômeno de dados e a nuvem — está transformando os negócios e nossa indústria de forma histórica, permitindo que as pessoas reimaginem trabalho, indústrias e profissões. Esta aliança com a Apple alavancará o nosso ímpeto em levar essas inovações aos nossos clientes a nível mundial, impulsionando a liderança da IBM em análise, nuvem, software e serviços. Estamos muito contentes de estarmos nos aproximando da Apple, cujas inovações transformaram as nossas vidas de formas que nem notamos, mas não podemos imaginar viver sem. A nossa aliança levará o mesmo tipo de transformação para a forma como as pessoas trabalham, indústrias operam e empresas executam.

Apesar de terem sido grandes concorrentes na década de 1980, Apple e IBM foram parceiras por muito tempo na época do PowerPC (processador que equipava Macs antes da transição para a Intel, fabricados em conjunto por IBM e Motorola).

Quem deve ter tomado um susto com a parceria é a BlackBerry. No momento em que escrevo este artigo, as ações da empresa [NASDAQ:BBRY] estão caindo mais de 4% nas negociações pós-fechamento dos pregões — enquanto as da Apple [NASDAQ:AAPL] e as da IBM [NYSE:IBM] estão subindo quase 2% cada.

Para mais informações sobre o acordo, não deixe de visitar os sites da Apple e da IBM.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes