Printworks é uma nova opção de editoração eletrônica para Macs


Nos quase dez anos em que a Apple vem oferecendo o Pages para usuários do OS X (e, desde 2010, também no iOS), a empresa sempre procurou fazer um balanço entre o que o Mac deveria oferecer por padrão, tanto para as tarefas de processador de textos quanto para diagramação e confecção de publicações mais elaboradas. Hoje eu vejo a sua opção para esses segmentos no meio termo: atende bem tanto à maioria dos casos em que os usuários precisam escrever documentos formais quanto às ocasiões em que eles desejam libertar um pouco da sua criatividade em mídia impressa.

É comum, no entanto, que usuários mais experientes queiram ter ferramentas mais complexas ao seu alcance. Em termos de processador de textos, hoje temos o Microsoft Word em oferta por um preço razoável — tanto através do Office 365 quanto em licença perpétua no Office para Mac. Já em desktop publishing, ferramentas como o Adobe InDesign reinam de forma absoluta pelo mundo.

Mas uma nova opção 100% nativa para o Mac ganhou notoriedade nas últimas semanas: trata-se do Printworks, da Belight Software.

Printworks

O aplicativo se destaca por tornar fácil e rápida a realização de tarefas bastante convencionais de DTP, mas sem perder o apelo profissional e a flexibilidade. Nós tivemos a oportunidade avaliá-lo por alguns dias e ficamos bastante satisfeitos com a qualidade do produto.

Um bom ponto de partida

O Printworks oferece uma enorme variedade de modelos para dar início rápido a publicações simples, destinadas a impressionar. São mais de 400 deles, separados por 24 categorias em 6 tipos diferentes de documentos.

Printworks

O usuário já ganha de cara um arsenal para começar a trabalhar facilmente com panfletos, catálogos, cartões, calendários, pôsteres e muito mais. Caso queira começar do zero, o aplicativo conta com tutoriais rápidos para familiarizar os mais experientes na estruturação de documentos, bem como a correta diagramação de conteúdo no processo de criação.

Além de modelos e familiarização rápida com as principais funcionalidades de editoração, usuários do Printworks também terão um bom ponto de partida com recursos para adicionar às publicações. Mais de 1.000 símbolos, clip-arts são fornecidos por padrão com o aplicativo e, caso você queria mais, é possível adicionar até 40 mil figuras de exemplo por apenas US$10 (via In-App Purchase).

Ao estilo iWork

O aplicativo possui alguns traços da estrutura que a Apple definiu para apresentar suas ferramentas de edição disponíveis, como um Inspetor centralizado que reúne todos os comandos na barra lateral à direita da janela do aplicativo.

Embora não seja sensível ao contexto como no caso do Pages, não é difícil interagir com ele. Ao topo do documento ficam as ferramentas de edição e um editor de camadas, no qual é possível separar os elementos estruturais de um documento do seu conteúdo, por exemplo.

Printworks

O aplicativo também suporta estilos de formatação e páginas master (mestre), a exemplo de outros produtos na categoria. Merecem destaque ainda as suas funções de calendário e códigos de barras, acessíveis a partir da barra de ferramentas.

Preparando para distribuição

Na hora de publicar, o Printworks apresenta suporte ao menu de compartilhamento nativo do OS X, onde os documentos podem ser enviados como anexos no Mail, no Mensagens e via AirDrop com outros usuários. Em redes sociais é possível publicar capas via Facebook e Twitter.

Também é possível salvar arquivos no iCloud e exportá-los como imagens JPEG e TIFF, além de PostScripts encapsulados e, claro, PDFs.

·   ·   ·

Se você estava em busca de um app para editoração eletrônica, vale a pena dar uma olhada no Printworks — ele está em promoção de lançamento, com 40% de desconto.


Desculpe, app não encontrado.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: