Testes demonstram diferenças entre chips A9 dos novos iPhones; saiba exatamente do que estamos falando [atualizado 3x]


Ah… o que é um lançamento de iPhone sem uma polêmica, não é mesmo? O #antennagate e o #bendgate estão aí para comprovar que muita gente adora procurar e achar defeitos nos aparelhos da Apple. É importante frisar que, sim, o sinal/recepção do iPhone 4 diminuía caso a mão do usuário ficasse “tapando” parte da antena (na moldura do aparelho). E, sim, algumas unidades de iPhones 6/6 Plus entortavam com mais facilidade se fosse aplicada uma força razoável em um determinado ponto do aparelho.

Podemos até chamar isso de uma falha de projeto (afinal o iPhone 4s não veio com “problema” na sua antena, assim como os iPhones 6s/6s Plus tiveram a sua carcaça bastante reforçada impossibilitando de serem entortados em condições normais), mas a verdade é que muitos, mas muitos outros aparelhos de fabricantes famosas apresentavam os mesmíssimos problemas e não foram “cobrados” pela mídia da mesma forma. Acontece: os holofotes estão sempre voltados para a Apple, seja para o bem ou para o mal.

iPhones 6s coloridos voando

Os novos iPhones não poderiam ficar sem a sua dose de polêmica, e o assunto escolhido da vez foi o processador A9. Na verdade os processadores — como informamos, a Apple está utilizando dois modelos diferentes de chips, um fabricado pela Samsung e outro pela TSMC. A grande diferença entre eles é que o fabricado pela sul-coreana é um pouco menor (cerca de 10%), o que nos gerou algumas dúvidas: será que ambas utilizam o mesmo processo de fabricação (16 nanômetros) ou a Samsung está utilizando uma tecnologia mais avançada (14 nanômetros)? Será que essa diferenciação no tamanho (e, quem sabe, no processo de fabricação) influencia no desempenho do chip? O processador da Samsung é mais eficiente, energeticamente falando?

Sim, eles utilizam processos de fabricação diferentes. Sim, há diferenças em performance de processamento e em eficiência energética mas, diferentemente do imaginado, o da TSMC é que apresentou os melhores resultados. Mais sobre isso abaixo.

Aparentemente, conforme também falamos, não há uma regra na distribuição dos chips. Independentemente do aparelho que você tenha comprado (6s ou 6s Plus), ele pode vir equipado com qualquer um deles e não há uma forma de saber isso antes de comprar o iPhone. Uma pesquisa recente feita por um desenvolvedor mostrou que no modelo 6s a predominância é do A9 fabricado pela TSMC, enquanto no 6s Plus é do processador da Samsung.

Usar dois ou mais fornecedores para um mesmo componente é algo bem normal no mundo da tecnologia, mas quando isso apresenta resultados diferentes (neste caso, em performance e eficiência energética), aí a coisa fica um pouco mais complicada. E pelo que estamos vendo, este é o caso.

Testes feitos por YouTubers constataram que o A9 da TSMC, apesar de maior, tem uma eficiência energética melhor o que a do processador da Samsung. Veja só:

O primeiro teste feito por Jonathan Morrison foi fazer um time-lapse de 30 minutos em dois aparelhos com chips diferentes, ambos com 100% de bateria e ajustados exatamente iguais. O resultado:

Depois, Morrison fez um vídeo de 10 minutos em resolução 4K. Após concluído, as baterias de ambos ficaram assim:

Morrison então pegou esse vídeo de 10 minutos e exportou para o iMovie a fim de descobrir se existe alguma diferença em performance entre os processadores. O A9 da Samsung completou a tarefa 4 segundos antes do A9 da TSMC. As baterias ficaram assim:

Ao rodar o app Geekbench 3 nos iPhones, Morrison percebeu que os processadores têm desempenho bastante similar no teste single-core, mas que o da TSMC se saiu um pouco melhor no multi-core (o que é estranho levando em consideração que o A9 da Samsung foi capaz de terminar a exportação do vídeo 4 segundos antes). Para finalizar, Morrison fez testes gráficos (utilizando o ambiente Metal) e constatou que ambos rodaram exatamente iguais, a 39,9 quadros por segundo. As baterias depois de todos esses testes ficaram assim:

Já Austin Evans realizou testes mais profundos, como o de bateria oferecido pelo app Geekbench 3.

Evans ajustou os dois iPhones com o mesmo brilho de tela e rodou o teste até que ambos atingissem 50% de bateria. Pois o A9 da TSMC aguentou 50 minutos a mais do que o da Samsung! Esse mesmo teste mostrou que enquanto a temperatura do chip da TSMC ficou em 30ºC, o da Samsung ficou em 33ºC.

O usuário raydizzle, do reddit, também fez esse mesmo teste de bateria do Geekbench 3, porém até o nível atingir 0%. Eis o resultado:

Teste de bateria - Processadores A9

TSMC à esquerda; Samsung à direita

Como podemos ver, o A9 da TSMC aguentou quase 2 horas a mais do que o processador da Samsung!

Em um teste mais “real”, Evans reproduziu um vídeo do YouTube em ambos os aparelhos (ajustados da mesma forma), por 1 hora. Enquanto o da TSMC consumiu 14% de bateria, o da Samsung consumiu 15%. Bem diferente dos testes mais laboratoriais, não é mesmo? Ou seja, num cenário de utilização normal do aparelho os processadores se comportam de forma bem parecida; mas em um cenário de utilização mais extrema, o da TSMC se sai um pouco melhor, sim.

Nós antes informamos que havia um jeito de descobrir se o chip do seu iPhone 6s/6s Plus é da Samsung ou da TSMC. Contudo, por se tratar de um método não confiável, não o recomendamos. Agora há uma outra forma bem mais simples e confiável de matar a sua curiosidade. Basta instalar o app Lirum Device Info Lite e procurar pela referência do chip. Se for N71AP (6s) ou N66AP (6s Plus), é da Samsung; se for N71mAP (6s) ou N66mAP (6s Plus), é da TSMC.

Curiosamente, o app saiu do ar há pouco tempo — vamos torcer para que seja algo momentâneo e que tudo volte ao normal em breve.

Eu sinceramente não acho que usuários devam se preocupar se descobrirem que possuem o chip da Samsung em seus aparelhos. Em testes mais reais, como vimos, a diferença não é tão gritante assim como nos promovidos pelo app Geekbench 3. Mas que a Apple poderia ter evitado mais essa dor de cabeça midiática, poderia…

[via 9to5Mac, Engadget]

Atualização · 08/10/2015 às 13:20

O Lirum Labs informou que retirou o app da loja devido a problemas de compatibilidade com os novos aparelhos, e com o iOS 9. Ele ficará indisponível até que uma uma nova atualização seja enviada para a App Store.

[dica do André Dal Molin]

Atualização II, por Rafael Fischmann · 08/10/2015 às 17:36

A Apple deu agora uma declaração sobre o assunto ao TechCrunch, afirmando que testes reais de uso com os aparelhos demonstram uma variação não superior a 2-3% em consumo de bateria:

Com o chip A9 desenhado pela Apple em seu iPhone 6s ou iPhone 6s Plus, você está recebendo o chip de smartphones mais avançado no mundo. Cada chip que despachamos atende aos padrões mais elevados da Apple ao prover uma incrível performance e entregar ótima autonomia de bateria, independentemente da capacidade, da cor ou do modelo de iPhone 6s.

Alguns testes de laboratório fabricados que fazem os processadores trabalhar com uma carga pesada contínua até a bateria acabar não são representativos de um uso real, visto que eles passam um tempo irreal no estado de performance de CPU mais elevado possível. É uma forma enganosa de medir a real autonomia de bateria. Nossos testes e dados de consumidores mostram que a autonomia da bateria do iPhone 6s e do iPhone 6s Plus, mesmo levando em consideração diferenças em componentes, varia em apenas 2-3%.

Resumindo, a Apple não está dizendo que os testes realizados até agora são mentirosos, mas que eles não são um bom indicativo do uso cotidiano dos aparelhos. Se levarmos os dados dela em consideração, essa variação de 2-3% é tão pequena que pode ocorrer até mesmo em aparelhos tecnicamente idênticos.

Atualização III, por Rafael Fischmann · 08/10/2015 às 18:12

E o app que citamos no post voltou à App Store, sem ser atualizado.


Ícone do app Lirum Device Info

Lirum Device Info

de Rogerio Hirooka

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 4.4.3 (129.2 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior

R$ 10,90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: