MasterCard e Nubank já estão se preparando para o Apple Pay no Brasil

Em um comunicado para a imprensa, a MasterCard informou que implementará no Brasil o MasterCard Digital Enablement Service (MDES), uma tecnologia em tokenização1 para operar as chamadas “carteiras digitais”. Por aqui, o primeiro parceiro dela nessa empreitada será o Nubank2. Resumidamente, isso quer dizer que o Nubank será o primeiro cartão de crédito do Brasil preparado para o Apple Pay e outras soluções de pagamento móvel como Samsung Pay, Android Pay, etc. (ao menos publicamente).

Nubank - Apple Pay

Crédito da imagem: Henrique Félix

Bastou isso para muitos acreditarem que basta MasterCard/Nubank implantarem isso para cadastrar o cartão no Passbook Wallet do iOS 9 e sair por aí comprando sem a necessidade de ter o cartão de credito na carteira, utilizando apenas o iPhone. A notícia é boa, sim, mas nem tanto.

É verdade que o nosso país conta com uma estrutura relativamente pronta para o Apple Pay, com quase 80% dos terminais de pagamento da Cielo e da Rede (as duas maiores fornecedoras de máquinas de cartão do Brasil) aceitando a tecnologia NFC (near field communication, ou comunicação por campo de proximidade) — nós já até mostramos o serviço em funcionamento aqui em nosso país (realizando um pagamento com um cartão de crédito americano cadastrado no Apple Pay). Além disso, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil estariam negociando com a Apple.

Todavia, sem o aval da Maçã, não tem milagre. Sem que ela atualize o iOS permitindo que nós, brasileiros, possamos cadastrar um cartão de crédito no Wallet, não adianta ter um Nubank compatível com a tecnologia. Para que você possa realizar pagamentos pelo seu iPhone, duas coisas precisam acontecer: as empresas de cartões de crédito precisam adotar esse tipo de tecnologia que a MasterCard implementará; e a Apple precisa habilitar o Apple Pay em nossa região.

Nubank

O Nubank é um dos cartões mais tecnológicos da atualidade

É claro que é um avanço ter cartões de crédito devidamente prontos para o serviço — o que de certa forma coloca ainda mais pressão em cima da Apple, já que deixa o terreno preparado para a chegada do Apple Pay. Mas é importante ressaltar que não basta apenas termos cartões compatíveis com a tecnologia de tokenização.

Recentemente a Apple informou que o Canadá e a Austrália receberão o serviço de pagamento móvel ainda em 2015; em 2016, Espanha, Singapura e Hong Kong (apenas para clientes de cartões American Express). O Brasil nem mesmo foi citado nesse plano de expansão para 2016. É claro que isso não impede de o Apple Pay chegar por aqui no ano que vem, mas se essas negociações estivessem adiantadas, provavelmente nós estaríamos nessa seleta lista.

[obrigado a todos que nos enviaram esta dica!]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes