FBI pagou mais que US$1,3 milhão para desbloquear iPhone; caso de NY também é encerrado [atualizado]

Muitos de vocês devem lembrar como o caso de San Bernardino começou e terminou, correto? Mas não custa relembrar: iniciou-se com um pedido de ajuda do FBI dizendo que não conseguiria desbloquear o iPhone 5c utilizado pelo terrorista sem a ajuda da Apple e chegou ao fim com o governo simplesmente abandonando o caso, já que conseguiu colocar as mãos nas informações do aparelho graças à “ajuda” de uma empresa hackers.

Apple vs. FBI

Aliás, vale comentar que isso, é claro, não saiu de graça. James Comey estava participando do Fórum de Segurança de Aspen, em Londres, quando foi perguntado por um moderador quanto o FBI pagou pelo(a) software/ferramenta/brecha que eventualmente invadiu o iPhone. O diretor do FBI disse que o bureau teve que desembolsar um valor maior do que ele ganhará nos próximos sete anos e quatro meses nos quais ele ainda permanecerá no cargo de diretor, conforme informou a Reuters. Levando em conta que o salário anual de Comey é US$183 mil (sem contar com possíveis aumentos ou bônus), isso quer dizer que o FBI pagou mais que US$1,3 milhão pela brecha para colocar as mãos nos dados do iPhone 5c do terrorista.

Mas voltando à história de como tudo começou/terminou… quem aqui lembra do caso de Nova York, no qual o FBI também está em busca da ajuda da Maçã para desbloquear um iPhone utilizado por um traficante de drogas? Acredite: esse também foi finalizado da maneira mais inesperada possível.

Não, o FBI não pagou para ninguém invadir o iPhone; muito menos a Apple ajudou na tarefa. Conforme informou o Wall Street Journal [matéria fechada para assinantes], Jun Feng — réu confesso do crime que havia dito não lembrar da senha do aparelho — milagrosamente retomou a memória e repassou o código de bloqueio às autoridades.

E assim, de uma forma totalmente inesperada, mais um caso Apple vs. FBI termina.

[via BuzzFeed, MacRumors]

Atualização · 29/04/2016 às 14:09

Agora — desmentindo a declaração do diretor do FBI —, uma fonte da Reuters disse que na verdade o FBI pagou menos que US$1 milhão pela vulnerabilidade. Além disso, o bureau poderá utilizar a técnica para desbloquear iPhones 5c rodando o iOS 9 sempre que precisar, sem a necessidade de pagar algo adicional para isso.

Já virou novela, mesmo…

[via AppleInsider]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes