Nike faz reestruturação no seu conselho de administração e “promove” Tim Cook

A Nike anunciou ontem algumas mudanças relacionadas ao seu conselho de administração. Para quem não sabe, Tim Cook (CEO da Apple) é membro do conselho da empresa desde 2005 (tanto como presidente do comitê de remuneração como membro da comissão de nomeação e governança corporativa).

Pois bem, com a aposentadoria de Phil Knight (cofundador e ex-CEO da Nike) do conselho de administração, o atual CEO da empresa, Mark Parker, ganhou uma vaga e Cook, agora, passa a ser o diretor líder independente do conselho.

De acordo com o Apple World Today, um diretor líder independente (também conhecido como um diretor externo) é um membro do conselho que não tem um relacionamento material com determinada empresa ou pessoas que fazem parte dela, a não ser uma remuneração por fazer parte do conselho, que pode chegar a até US$120 mil por ano — ainda que isso não explique exatamente qual será a função de Cook, exatamente.

A PwC, por exemplo, define o cargo como uma pessoa independente entre os membros do conselho que ajuda a garantir que as relações interpessoais fluam sem problemas. Uma das contribuições mais importantes também seria o diálogo que tais diretores teriam com os CEOs sobre assuntos corporativos ou problemas de governança — conversas essas que aconteceriam independentemente de uma reunião dos conselheiros.

O site da Nike já reflete as mudanças, conforme podemos ver aqui.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes